Enfermeira se passa por homem para conseguir nudes de outras mulheres

Uma finalista do concurso Miss Escócia está entre as vítimas

Por: Redação | Comunicar erro

Uma enfermeira escocesa foi presa após se passar por homem para conseguir nudes de outras mulheres que ela conhecia em aplicativos de relacionamentos, como o Tinder.

Adele Rennie, de 28 anos, usava fotos do modelo Craig Dunn e um aolicativo de mudança de voz para atrair suas vítimas. Ela se passava por advogado, possuir um Jaguar preto e morar em Ayrshire (Escócia).

Crédito: ReproduçãoAdele e o modelo de quem ela roubava fotos para atrair mulheres

Em cinco anos, a escocesa conseguiu fotos íntimas de 10 mulheres – incluindo algumas de Abbie Draper, uma finalista do concurso Miss Escócia.

Crédito: Reprodução/TVAbbie Draper, finalista do concurso Miss Escócia, foi uma das vítimas

Adele já havia sido presa no ano passado pelo mesmo tipo de crime. Na ocasião, a ex-enfermeira cumpriu 10 meses de detenção. Foi liberada em outubro, mas semanas depois ela voltou a usar o mesmo golpe, fazendo outras três vítimas. Foi presa e acabou incluída em uma lista de criminosa sexual.

Compartilhe: