Últimas notícias:

Loading...

General da ditadura, Newton Cruz morre aos 97 anos

Militar foi ex-chefe da Agência Central do Serviço Nacional de Informações (SNI)

Por: Redação

O general Newton Cruz, ex-chefe da Agência Central do Serviço Nacional de Informações (SNI) durante a ditadura militar –de 1964 a 1985–, morreu na sexta-feira, 15, aos 97 anos no Rio de Janeiro.

O militar reformado estava internado no Hospital Central do Exército, em Benfica, na zona norte da capital fluminense, e morreu de causas naturais. O corpo será cremado no domingo, 17, no crematório da Penitência, no cemitério do Caju. As informações são do G1.

General da ditadura, Newton Cruz morre aos 97 anos
Crédito: Reprodução/GloboNewsO general Newton Cruz foi ex-chefe do SNI durante ditadura militar

Figura polêmica na ditadura, o general Newton Cruz foi responsável órgão que monitorava e espionava opositores do regime, munindo os militares de informações confidenciais.

Em 2014, Newton Cruz foi denunciado pelo MPF-RJ por participação no frustrado atentado a bomba no Rio Centro em 1981. Meses depois, a Justiça Federal concedeu habeas corpus aos cinco militares e um delegado envolvidos n caso.

Newton Cruz também foi acusado pela morte do jornalista Alexandre von Baumgarten, 1982. Na época, negou seu envolvimento, disse que recebeu informações sobre a identidade do responsável pelo assassinato, mas se negou a revelar.

Em 1994, Newton Cruz foi candidato ao governo do Rio pelo PSD. Terminou em terceiro colocado no primeiro turno, atrás de Marcello Alencar (PSDB) e Anthony Garotinho (PDT).

Compartilhe:

Tags: #Ditadura