Homem morre após explosão em churrasco com amigos no litoral de SP

Edelson de Morais comemorava a compra da casa em Mongaguá (SP) quando acidente ocorreu

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Um homem de 36 anos morreu após tentar acender uma fogueira em Mongaguá, no litoral de SP, que resultou em uma explosão. O assistente técnico Edelson de Morais chegou a ficar internado por 20, mas não resistiu aos ferimentos.

A tragédia aconteceu durante um churrasco, quando o rapaz tentava acender uma fogueira com um galão de etanol. Houve uma explosão e as chamas atingiram o corpo do assistente técnico.

Crédito: Reprodução/FacebookEdelson de Morais teve graves ferimentos e chegou a ficar internado por vinte dias no liroral de SP

A irmã dele, Andreza de Jesus Morais, disse em entrevista ao G1 que o caso aconteceu no fim de semana do Dia dos Pais.

“[Ele] Tinha acabado de comprar [casa] e desceu com os filhos, esposa e amigos para passar o fim de semana do Dia dos Pais. Ele tinha uma espécie de ‘tacho’, no qual ele fazia fogueira em dias frios. Naquele dia [do acidente], ele foi acender a fogueira com etanol, com o galão na mão, e explodiu”, disse Andreza.

Edelson foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Mongaguá e depois foi transferido para a Santa Casa de Santos, onde ficou internado e morreu vinte nesta terça-feira.

Compartilhe: