Homem morre após saltar de bungee jump em Antônio Dias (MG)

Ele caiu de uma altura de quase 100 metros e morreu na hora

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Um homem, identificado como Adam Esteve Gomes, de 25 anos, morreu neste último domingo, 4, na zona rural de Antônio Dias, na Região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, depois de pular de bungee jump.

Homem morre após saltar de bungee jump em Antônio Dias (MG)
Crédito: Reprodução/TV GloboHomem morre após saltar de bungee jump em Antônio Dias (MG)

De acordo com a Polícia Militar (PM), ele saltou do Viaduto Prainha, na BR-381, e caiu de uma altura de quase 100 metros e morreu instantaneamente.

Antes de Adam, 15 pessoas já tinham saltado naquele mesmo dia. A suspeita é que o sistema que trava os equipamentos não tenha funcionado na hora dele.

Raio atinge e mata homem em Santa Catarina; câmera flagrou o momento

Os responsáveis pela empresa de bungee jump foram para Delegacia de Polícia Civil de Ipatinga.
O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Cuidados ao praticar o esporte

Por ser um esporte de queda livre, e considerado radical, é essencial ter equipamentos de segurança que façam a proteção plena do praticante, garantindo uma atividade confiável e saudável.

É sempre bom verificar se a sua saúde também está bem. Situações de risco fazem que o nível de angústia ou consequências físicas, como taquicardia, queda de pressão e tontura, aumentem.

com vistoria de bombeiros, os lugares que disponibilizam a atividade precisam fornecer instrumentos de qualidade.

Alguns equipamentos de segurança para ficar olho e poder saltar com segurança:

  • tornozeleiras: ajuda no controle da queda, evitando que o cabo restante fique solto e eliminando as chances de atingir o praticante;
  • cordas elásticas: existem três tipos e variam de acordo com o peso, determinando o nível de conforto que você terá no impacto;
  • espuma de proteção: protege a ponta do cabo para que o praticante não fique machucado.

A atividade por mais legal que seja, possui contraindicações para algumas pessoas que:

  • tenham histórico de ansiedade;
  • enfrentem problemas de joelho ou quadril;
  • estejam sob efeito de álcool ou outra substância;
  • apresentem casos de epilepsia;
  • tenham passado por alguma cirurgia recentemente

Compartilhe: