João Gilberto morre aos 88 anos no Rio de Janeiro

A informação foi confirmada por um dos seus filhos

Por: Redação

Morreu neste sábado, no Rio de Janeiro, o cantor e compositor João Gilberto. Considerado um dos pais da Bossa Nova, o artista – que fez história com “Chega de Saudade” – tinha 88 anos.

A informação da morte dele foi confirmada por um dos seus filhos, João Marcelo Gilberto, no Facebook. “Meu pai morreu. Sua luta foi nobre, ele tentou manter sua dignidade ao perder sua soberania. Agradeço à minha família (meu lado da família) por estar lá para ele, e Gustavo por ser um amigo de verdade para nós, e cuidar dele como um de nós. Por fim, gostaria de agradecer a Maria do Céu por estar ao seu lado até o final. Ela era sua verdadeira amiga e companheira”, escreveu.

My father has passed. His fight was noble, he tried to maintain dignity in light of losing his sovereignty. I thank my…

Publicado por Marcelo Gilberto em Sábado, 6 de julho de 2019

joão gilberto
Crédito: DivulgaçãoJoão Gilberto morreu aos 88 anos

Segundo amigos da família, João Gilberto passava por um exame, quando teve complicações.

João Gilberto enfrentava, além de problemas de saúde e financeiros, disputa familiar que virou caso de Justiça. Ele chegou a ser interditado judicialmente pela filha, a cantora Bebel Gilberto, em 2017.

Bebel pediu a interdição do pai para que ele não fosse induzido a assinar documentos com força legal sem saber o que estava fazendo. Era uma guerra declarada contra Claudia Faissol, a mãe da filha mais nova do cantor, Luisa.

João Gilberto e a Bossa Nova

Dono de uma sonoridade original, João Gilberto foi o artista que levou a música popular brasileira a várias partes do mundo.

O disco “Chega de Saudade”, lançado em 1959,  foi o primeiro da carreira do músico. A faixa-título do LP, composta por Tom Jobim e Vinicius de Moraes, virou o grande símbolo da bossa nova.

Compartilhe: