Jogador de E-sports Byron Reckful morre aos 31 anos e morte comove a web

Ele faleceu após pedir a namorada em casamento e ser criticado nas redes sociais

Por: Redação

Byron ‘Reckful’, streamer norte-americano, morreu nesta quinta-feira, 2, aos 31 anos de idade. A morte do influenciador e ex-jogador profissional de World of Warcraft foi confirmada por um companheiro de quarto e pela namorada, Rebecca ‘Becca’, jogadora de Teamfight Tactics da Golden Guardians.

Byron "Reckful"
Crédito: ReproduçãoByron “Reckful” sofria de depressão

A causa da morte ainda não foi confirmada. Porém, o que se sabe até o momento é que o rapaz sofria de depressão e, horas antes do falecimento, pediu a namorada em casamento pelas redes sociais, pois não via Becca há seis meses.

Em três comentários seguintes, ele falou sobre sua “insanidade” e pediu para que o público não pressionasse a namorada a aceitar o pedido.

Em seu relato nas redes sociais, Becca falou que não viu o pedido “antes de ser tarde”, mas que isso não mudaria o fato que ela “não foi capaz de estar lá por ele”.

A jogadora também falou sobre a saúde mental do companheiro: “Nos amamos, mas foi difícil. Eu fui extremamente insegura quando se tratava dele, não podia nem me reconhecer. Não sinto que eu fui capaz de ser a pessoa que ele precisava em sua vida”.

DEPRESSÃO

É normal sentir-se para baixo vez ou outra, mas depressão é mais que isso, é uma doença mental que causa alterações químicas no cérebro, provocando baixa da auto-estima, sentimentos de culpa e de fracasso. Pessoas que passaram por eventos adversos durante a vida (desemprego, luto, trauma psicológico) são mais propensas a desenvolver a doença.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão atinge hoje 300 milhões de pessoas em todo o mudo e pode se tornar a doença mais incapacitante até 2020.

Confira abaixo alguns sinais que ajudam a reconhecer a depressão. Esses sintomas podem ser isolados ou somatizados:

1. Tristeza profunda

A depressão é uma tristeza profunda e muitas vezes, sem motivo aparente. Mesmo se algo maravilhoso acontecer ou estiver acontecendo, a pessoa continuará triste. Quem sofre de depressão, costuma sentir por, pelo menos, duas semanas uma tristeza contínua e tem pensamentos repetitivos sobre a razão da tristeza.

2. Problemas de sono

Algumas pessoas que sofrem de depressão costumam ter insônia, acordando de madrugada e com dificuldades de adormecer novamente. Por outro lado, outras já não sentem vontade de sair da cama e dormem por longos períodos durante o dia.

3. Perda de interesse em atividades favoritas

O desinteresse por atividades antes prazerosas é outro indicativo frequente da depressão. Geralmente, os pacientes com depressão preferem ficar em casa do que fazer qualquer outra atividade.

4. Mudança no apetite

Algumas pessoas comem demais quando estão deprimidas ou ansiosas, mas em pessoas com depressão severa, o oposto é mais comum. Elas podem deixar de de comer porque não estão mais preocupadas com o bem-estar físico.

5. Insegurança

É comum também haver sintomas emocionais, como medo, insegurança, desesperança, desespero, negativismo, desamparo e frustração.  Algumas vezes, esses sentimentos acabam se manifestando no corpo como dor física e tensão, o que é chamado de somatização.

6. Cansaço

Com a queda dos neurotransmissores – uma característica da depressão – pode haver sensação de cansaço, fraqueza e falta de ânimo.

7. Irritabilidade

Outros sinais de depressão frequentemente ignorados são raiva e irritabilidade, mais frequentemente apresentadas por homens. Muitas vezes, no entanto, eles acreditam que essas emoções sejam apenas efeito do estresse ou do cansaço.

8. Pensamentos de morte

Pessoas com depressão podem apresentar desejos de morrer e ter pensamentos suicidas.

Qualquer que seja o nível de depressão é imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado, que pode ser feito de duas maneiras: isolada ou combinada. A primeira delas é a psicoterapia, que irá tratar das causas. A segunda é tomando antidepressivos que ajudam a normalizar a atividade cerebral.  Veja aqui outras formas que ajudam a amenizar os sintomas de depressão.

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email, chat e voip 24 horas todos os dias. A ligação para o CVV em parceria com o SUS, por meio do número 188, é gratuita a partir de qualquer linha telefônica fixa ou celular. Também é possível acessar www.cvv.org.br para chat.

Crédito: Lucas Rodrigues/Catraca Livre