Mãe de menino morto no Metrô lamenta: ‘Queria ele de volta’

'Queria ele de volta, mas eu tenho que entender que Deus quis assim', desabafou mãe de menino que morreu nos trilhos do Metrô de SP no último domingo, 23

Por: Redação | Comunicar erro

Em entrevista ao Bom Dia São Paulo desta sexta-feira, 28, Lineia Oliveira Silva, mãe do menino encontrado morto em um túnel do Metrô de São Paulo, lamentou o episódio ocorrido no último domingo, 23. “Eu estou muito abalada. Queria ele de volta, mas eu tenho que entender que Deus quis assim. Cada um de nós tem uma missão aqui na terra e ele era só um anjinho. Ele veio para me dar força e eu tenho que ter força agora, né?”.

Segundo os familiares, Luan foi levado pelos outros passageiros que desceram na estação Santa Cruz, zona sul da capital paulista. “Ele passou na porta, que já tinha apitado. Como ele era pequenininho, só deu tempo dele passar. Quando ele passou, eu desesperei. Comecei a bater, gritar. Todo mundo ficou gritando: ‘para o Metrô’, mas não conseguiram parar”.

Crédito: ReproduçãoCaso aconteceu no último domingo, 23, na estação Santa Cruz do Metrô

Após as portas se fecharem, a família desembarcou na estação Praça da Árvores, quando pediu ajuda aos seguranças da estação Praça da Árvore. De volta à estação Santa Cruz, começaram a procurar Luan. “Eu avistei um trem parado e o pessoal indo com uma maca. Foi aí que eu me desabei. Subi para falar com ela [Lineia, mãe do menino]: ‘eles encontraram o Luan, mas não encontraram ele bem'”, explica o pai, Edmilson.

Luan foi encontrado com ferimentos na cabeça, a 200 metros da estação, dentro de um túnel. A criança, de apenas 3 anos, teve a morte confirmada no hospital.

Compartilhe:

1 / 0