Mulher velada por 8h é levada de volta a hospital no RS

Família desconfiou que idosa estava viva e chamou um médico

Por: Redação Comunicar erro

Uma mulher de 80 anos que estava sendo velada por cerca de 8 horas teve que retornar ao hospital na cidade gaúcha de Bagé. O caso ocorreu na manhã da última terça-feira, 20.

Em entrevista à TV local, o delegado disse que familiares relataram que, pela manhã, o corpo da idosa ainda estava quente e por isso chamaram o médico que havia atestado a morte dela.

Ela mulher foi retirada do caixão e encaminhada de ambulância à Santa Casa de Bagé, onde a morte foi confirmada.

Crédito: Reprodução/TVIdosa foi levada de volta ao hospital, onde foi constatada a morte

A polícia abriu um inquérito para investigar o caso.

“Familiares dizem que ela estava viva, aí um médico foi chamado. Depois eles vieram e registraram um boletim de ocorrência. Os depoimentos vão ser tomados a partir de hoje [quarta]. Vamos ouvir familiares, possíveis testemunhas, pessoal do hospital, tudo tem que ser apurado”, afirma o delegado.

Em nota, o hospital informou que morte da paciente foi constatada por volta das 0h30 de terça.

Pela manhã, ainda durante o velório, um familiar ficou em dúvida se a idosa estaria sem vida. A presença do médico assistente foi solicitada e o mesmo compareceu prontamente ao local, e confirmou o óbito. Com o objetivo de acalmar e confortar os familiares ofereceu a remoção da idosa novamente ao hospital para utilizar equipamentos que confirmaram a ausência de vida na presença de outros profissionais da saúde e familiares”, diz a nota.

Compartilhe: