Naldo fala do sobrinho que morreu em ação da polícia no RJ

“Dor absurda”, disse o cantor

Por: Redação

Naldo Benny usou seu perfil no Instagram, nesta quarta-feira, 27, para se pronunciar sobre o sobrinho Denis Brito, que morreu durante uma operação do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar, na Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro, na manhã da última segunda-feira, 25.

Denis Brito e Naldo Benny
Crédito: Reprodução/InstagramDenis Brito morreu na Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré

“Fica a saudade. A vontade de que fosse diferente, uma dor absurda no coração! Eu dificilmente tenho porque pra Deus, hoje me vejo em vários por quês!!! Por quê a vida prega algumas peças? Por quê algumas escolhas? Por quê não deu tempo? Eu sei exatamente o que é a dor do arrependimento, o querer que fosse diferente! Como eu queria te ajudar. Hoje, nesse exato momento, você estaria comigo em um compromisso meu, que era justamente pra te trazer uma visão diferente da vida. Meu Deus, mas não deu tempo! Deus te ilumine. Descanse em paz meu sobrinho”, lamentou o cantor.

Denis tinha 23 anos de idade e foi baleado durante um intenso confronto na região. Outro homem — ainda não identificado — também foi morto durante a ação policial. A Polícia Civil investiga a morte.

Vale lembrar que, em 2008, Naldo passou por uma outra tragédia na família. Seu irmão, Lula, que fazia dupla com ele no funk, desapareceu e foi encontrado carbonizado em Padre Miguel, zona oeste do Rio de Janeiro.