Últimas notícias:

Loading...

Sarah Harding, do Girls Aloud, morre de câncer de mama aos 39

Ela anunciou que o câncer estava em metástase

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Sarah Harding, cantoras do grupo Girls Aloud, morreu neste domingo, 5, devido a um câncer de mama. Ela tinha 39 anos e anunciou que estava com câncer em agosto de 2020, e estava em metástase.

Crédito: Reprodução/InstagramSarah Harding, do grupo Girls Aloud, morreu em decorrência de um câncer de mama

Neste ano, a cantora contou que os médicos informaram que ela não viveria até o fim do ano.

O Girls Aloud foi uma banda formada no concurso “Popstars: The Rivals”, da televisão britânica.

Câncer de Mama

O Câncer de Mama é o mais comum entre as mulheres no Brasil. Mas não deixa de atingir os homens! 1% dos casos de câncer de mama atingem de maneira exclusiva sexo masculino. A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) é de 57.960 novos casos da doença só em 2016. Mas você sabe o motivo do desenvolvimento dessa doença?

Crédito: Monkey Business - FotoliaTodas as mulheres acima dos 40 anos devem realizar mamografia

Os fatores de risco relacionados podem ser tanto hereditários, quanto por influência ambiental. Alguns deles são:

Tumores anteriores na mama

Pessoas que já apresentaram câncer de mama antes, mesmo que curado, possuem mais chances de desenvolver novos tumores (câncer recidivo).

Histórico familiar

Histórico familiar pode ser um indício para estar ainda mais atento à doença. Algumas vezes não só pelo fator hereditário, mas também pela possibilidade de membros de uma mesma família estarem em contato com os mesmos fatores ambientais.

Reposição hormonal ou uso de contraceptivos orais

A reposição hormonal ou utilização de anticoncepcionais orais, especialmente se envolverem o hormônio estrogênio em uso prolongado, também são considerados fatores de risco segundo estudos do Inca.

Como se prevenir?

Quando o assunto são fatores ambientais, a prevenção entra em cena! Ela pode ser feita por meio da adoção de um estilo de vida saudável e da realização periódica de exames. Segundo o Inca, estima-se que a partir dessa prevenção é possível reduzir em até 28% o risco!

Compartilhe:

Tags: #Famosos