Bicicleta elétrica inteligente ajuda nas pedaladas

Equipamento usa tecnologia biônica para medir quanta energia deve ser usada para auxiliar o ciclista em diferentes momentos

Por: Redação |

Cada vez surgem mais movimentos para melhorar a mobilidade urbana. Para dar um incentivo a mais, a oh!bike Factoria desenvolveu uma bicicleta elétrica inteligente que calcula a velocidade e a força da pedalada para dar mais energia ao ciclista quando ele precisa.

Segundo a empresa espanhola, a tecnologia biônica usada na oh!bike permite que ela se adapte a cada usuário, e não o contrário.

O sistema inteligente, que mede o auxílio que ela precisa dar ao ciclista, está instalado nos pedais. Além disso, a magrelinha vem com um botão “boost” para dar um impulso a mais nas subidas e no início de uma corrida.

A bicicleta elétrica inteligente oh!bike promete leveza e funcionalidade
Crédito: Simon Bericua/DivulgaçãoA bicicleta elétrica inteligente oh!bike promete leveza e funcionalidade

O motor de 250 Watts fica na roda dianteira. A bateria, recarregável, é encaixada no centro. Assim, esses itens ajudam a distribuir o peso pela bicicleta. Ela pode chegar à velocidade de 25 quilômetros por hora.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis

A autonomia da bicicleta elétrica inteligente é de 50 quilômetros; a bateria carrega em menos de quatro horas Crédito: Simon Bericua/Divulgação
Crédito: Simon Bericua/DivulgaçãoA autonomia da bicicleta elétrica inteligente é de 50 quilômetros; a bateria carrega em menos de quatro horas Crédito: Simon Bericua/Divulgação

A bateria, que vem com dois pontos de conexão USB, é removível, portanto pode ser levada para casa ou para o escritório para ser recarregada. A autonomia é de 50 quilômetros.

A bicicleta vem com três marchas, tem estrutura de alumínio e pesa 15 quilos, portanto, afirma a empresa, é um equipamento leve e funcional.

Por todas essas características, a nova bicicleta recebeu prêmios de design e mobilidade.

A oh!bike pesa 15 quilos e tem três marchas
Crédito: Simon Bericua/DivulgaçãoA oh!bike pesa 15 quilos e tem três marchas

Em julho de 2018, os idealizadores da bicicleta fizeram uma campanha de crowdfunding para obter 15 mil euros (R$ 72,7 mil), mas arrecadaram 45 mil euros (R$ 218,3 mil).

Com isso,  puderam construir uma bicicleta 100% elétrica e desenvolver seus próprios componentes.

A bicicleta, no entanto, ainda tem o preço salgado: custa 2025 euros (cerca de R$ 9.800), para venda na União Europeia. Há acessórios como cestos e cadeirinhas para crianças.

Leia também: Bicicleta elétrica ganha corpo de minicarro contra mau tempo

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: