Carro com pedal de bike é bicicleta ergométrica ao volante

Inventor saudita adaptou um modelo Audi A4 para que o motorista possa exercitar as pernas enquanto dirige

Por: Redação |

Os carros em geral são um convite motorizado ao sedentarismo, uma vez que praticamente não exigem esforço físico de seus condutores. Não era bem assim, contudo, na Idade da Pedra – ao menos no desenho animado dos Flintstones, em que Fred e Barney conduzem seus bólidos com a força das próprias pernas. Sendo assim, pode-se dizer que o criador do carro com pedal de bike não reinventou a roda, mas encontrou uma bela maneira de contribuir com a saúde do motorista.

O inventor do protótipo do FitCar PPV (Pedal Powered Vehicle, ou veículo alimentado por pedais) é o saudita Nasser Al Shawaf. Ele simplesmente adaptou um modelo Audi A4 ao substituir o pedal do acelerador por um mecanismo de pedal de bicicleta.

Al Shawaf teve a ideia do carro equipado com pedal de bike enquanto matutava sobre o tempo que perdia no trânsito – cerca de duas horas por dia – em seus deslocamentos a trabalho. Tempo esse que poderia ser mais bem gasto, por exemplo, em uma academia de ginástica.

O carro com pedal de bike é quase que uma academia de ginástica ao volante
Crédito: Reprodução/fit-car.net/O carro com pedal de bike é quase que uma academia de ginástica ao volante

Assim, o saudita encontrou um meio de fazer exercício ao volante. Para tanto, conectou essa peça mesmo, o volante, ao mecanismo de pedal de bike.

A energia gerada pelas pedaladas do motorista gera um sinal que engata o acelerador do carro; assim, quanto mais rápido se pedala, mais velocidade o automóvel ganha.

O sistema permite ainda que o condutor pedale enquanto está parado no congestionamento, sem acionar o acelerador.

O freio do FitCar, por sua vez, é de mão, pois seria complicado adaptar ao modelo a função habitual de frenagem com o pé.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

Estrutura interna do carro com pedal de bike
Crédito: Reprodução/fit-car.netEstrutura interna do carro com pedal de bike

A escolha do circuito de testes para o protótipo não poderia ser mais adequada: a cidade holandesa de Amsterdam, famosa pelo uso de bikes como meio de transporte.

É da Holanda, por sinal, um dos responsáveis pela engenharia do projeto, Oscar Brocades Zaalberg. Ele já sinaliza possibilidades futuras para o FitCar, como o desenvolvimento de um app para mensurar a quantidade de calorias queimadas pelo motorista. Ou mesmo uma forma de utilizar a energia gerada pelas pedaladas para a efetiva movimentação do veículo – e não só para o acionamento do acelerador.

Leia também: Designer transforma veleiro para realizar ciclismo aquático

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: