Carro elétrico sem fio é estímulo para adoção de energia limpa

Montadora alemã BMW projetou estação de recarga para modelo movido a eletricidade que dispensa cabos de conexão

Por: Redação Comunicar erro

Se carregadores de celular já dão trabalho com seus fios sujeitos a desgaste e rompimentos, imagine os de carros elétricos. Mas, se os fabricantes de smartphones já aderiram à tecnologia “wireless”, os de veículos vão pelo mesmo caminho. A novidade na indústria automobilística de ponta é o carro elétrico sem fio.

A alemã BMW saiu na frente nesse campo. Assim, além de usar uma energia limpa para mover seus bólidos, já anunciou um sistema de carregamento que dispensa cabos.

Ele inicialmente se aplica ao modelo 530e iPerformance, mas deve, em um futuro próximo, ser adotado em todos os modelos híbridos e elétricos da montadora.

O sistema é composto por dois “pads”. Um deles, chamado de “GroundPad”, é instalado no chão da garagem. Pode, inclusive, ficar em um espaço externo, já que possui proteção contra chuva. A outra peça, “CarPad”, se localiza na parte inferior do veículo.

O tapete que fica no piso, com 89 cm de comprimento e 80 cm de largura, se liga a uma tomada de 220 volts. Ele gera um campo magnético que induz uma corrente elétrica no “pad” que está no carro. As duas peças operam a uma distância de 8 cm entre elas.

A BMW é uma das pioneiras na estação de recarga do carro elétrico sem fio
Crédito: Reprodução/BMWA BMW é uma das pioneiras na estação de recarga do carro elétrico sem fio

Você, que ama seu bichinho de estimação, deve estar se perguntando se ele se machucaria caso entrasse na garagem durante a recarga e fosse farejar o “GroundPad”.

Pois não se preocupe. O equipamento tem um dispositivo de segurança que o desliga automaticamente caso um animal passe sobre ele na hora da operação.

A estação de recarga do carro elétrico sem fio conta com uma potência de 3,2 kW. Dessa forma, uma bateria vazia é completamente recarregada em três horas e meia.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

Para o carro ser alinhado adequadamente com o tapete no chão, o sistema conta com um software que ajuda o motorista a estacionar o veículo na posição correta.

A Mercedes-Benz também já se mobiliza para aderir à nova tecnologia. No caso da marca, o primeiro modelo a possuir esse tipo de recarga será a versão híbrida do Classe S.

Não só as montadoras estão de olho no formato “wireless” para abastecer carros híbridos e elétricos.

A fabricante de processadores Qualcomm, por exemplo, já testou o carregamento magnético desses veículos com uma espécie de tapete instalado na via. Apesar de não depender de tomadas, o sistema requer uma infraestrutura especial em ruas e estradas.

Leia também: Triciclo de plástico reciclado é opção contra poluição de tráfego

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: