Lápis ecológico se transforma em planta

Informar

Casa sobre rodas com energia solar é adaptação de Land Rover 4×4

Um casal de espírito aventureiro resolveu encontrar um jeito de ter banho quente durante o desbravamento de caminhos inóspitos

Por: Redação

Um estilo de vida “off-road” pede um veículo compatível com o espírito aventureiro. Ou talvez demande até um pouco mais; o designer Brice Bader que o diga. Acostumado a viajar por terrenos acidentados do leste da Ásia, do Oriente Médio, da África e da Austrália desde a infância, ele decidiu criar uma casa sobre rodas para acompanhá-lo em suas trilhas mundo afora.

Depois que, em 2002, uniu-se a uma parceira, Irina, que tem a mesma fome de pé na estrada que ele, Bader resolveu projetar um sistema que transformasse um modelo Land Rover 4×4 Defender 110 em lar motorizado.

Após cinco anos de estudos para realizar as adaptações, 43 segundos passaram a ser suficientes para que mecanismos internos elevem a parte superior do veículo e estendam sua área traseira, mudando sua estrutura para a função casa. O mesmo tempo é necessário para torná-lo novamente um desbravador móvel de caminhos lamacentos e pedregosos.

A casa sobre rodas é uma Land Rover que se transforma em 43 segundos
Crédito: Reprodução/Wild FennecA casa sobre rodas é uma Land Rover que se transforma em 43 segundos

Um passeio pelo interior dessa casa sobre rodas nos mostra que ela possui quarto, sala de jantar, cozinha, banheiro e… ducha quente! Sim, esse era um dos principais objetivos do casal no projeto: ter um banho decente mesmo durante as viagens pelos territórios mais inóspitos.

Na confecção dos ambientes internos, Bader usou bastante bambu como matéria-prima, o que dá um tom de leveza ecológica às acomodações.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

A casa sobre rodas também conta com uma plataforma personalizada fixada na parte traseira
Crédito: Reprodução/Wild FennecA casa sobre rodas também conta com uma plataforma personalizada fixada na parte traseira

Se o veículo é movido a diesel, a luz natural faz as vezes de fonte energética dos apetrechos da casa: a estrutura é dotada de quatro painéis solares fotovoltaicos para a geração de energia elétrica. Afinal, um pouco a mais de conforto “on the road” não precisa significar uma derrapada na sustentabilidade.

Um ambiente interno acolhedor
Crédito: Reprodução/Wild FennecUm ambiente interno acolhedor

Leia também: Carros transformados viram piscina, vaso e até forno de pizza

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.