Informar

Designers criam couro ecológico feito com frutas descartadas

Material reduz desperdício de alimentos e pode substituir o produto de origem animal

Por: Redação

Dois jovens designers criaram um couro ecológico feito de frutas descartadas que pode ser usado na produção de bolsas, sapatos e até mesmo móveis. O produto da Fruitleather Rotterdam reduz o desperdício de alimentos e contribui para se ter uma moda mais sustentável.

A dupla de holandeses teve a ideia do couro ecológico quando viu a quantidade de frutas e verduras que eram jogadas fora no final do dia, em uma feira. Resolveram, então, pensar em uma solução que aproveitasse todo aquele “lixo”.

Bolsa e banquinho com o couro ecológico
Crédito: Reprodução/Facebook Fruitleather RotterdamBolsa e banquinho com o couro ecológico

Primeiro, as sementes, de frutas como mangas e laranjas, são retiradas. Depois, as frutas são amassadas e em seguida essa polpa é fervida para eliminar bactérias.

A “sopa” de fruta é então espalhada sobre uma superfície para secar. O resultado é um “lençol” de um material similar ao couro, que pode ser facilmente costurado e cortado.

O processo de produção, afirmam os criadores, é ecologicamente adequado. A matéria-prima é obtida em locais como importadores de frutas, que lhes repassam o que seria jogado fora.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

Amostras do couro, à venda por 35 euros (cerca de R$ 150) no site da empresa
Crédito: Reprodução/Facebook Fruitleather RotterdamAmostras do couro, à venda por 35 euros (cerca de R$ 150) no site da empresa

Segundo a ONU, cerca de um terço dos alimentos produzidos mundialmente é desperdiçado, ou seja, jogado fora antes de ser consumido. Isso acontece nas várias etapas entre a fazenda e a mesa de casa: frutas e verduras que não atendem aos padrões estéticos exigidos pelos supermercados são deixados no local onde foram cultivados; parte delas se perde durante o transporte, por amadurecerem ou ficarem machucadas; outra parte é descartada ainda no supermercado; e finalmente tem aqueles alimentos que são jogados fora em casa, porque apodreceram antes de serem comidos.

Poltrona Wassily, feita de couro de fruta, em colaboração com o designer Jordi Verbaan para um evento sobre design
Crédito: Reprodução/Facebook Fruitleather RotterdamPoltrona Wassily, feita de couro de fruta, em colaboração com o designer Jordi Verbaan para um evento sobre design

Além da questão dos alimentos que viram lixo, o material da Fruitleather Rotterdam também pode ajudar a substituir, pelo menos em parte, o uso de couro animal. Anualmente, afirma a empresa, 1 bilhão de animais são abatidos para obter couro, e o processo de limpeza emite cerca de 650 mil toneladas de CO2.

Atualmente a empresa está localizada dentro da BlueCity de Rotterdam, que funciona como uma incubadora de empreendimentos que trabalham com economia circular.

A expectativa dos criadores do couro ecológico de frutas é seguir desenvolvendo um produto forte o suficiente para ser usado na fabricação de acessórios, como bolsas e sapatos, e móveis.

Leia também: Tênis vegano é feito de fungos e garrafas PET recicladas

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.