Informar

Empresa doa escova de dente de bambu para combater lixo plástico

Sensibilizado com esse tipo de resíduo nos oceanos, empresário as envia para quem as encomendar, cobrando só o frete

Por: Redação

Como anda sua saúde bucal? Esperamos que esteja melhor que a dos oceanos no que diz respeito à presença de lixo plástico em suas águas. Por sinal, muitos desses resíduos vão parar na boca de animais marinhos, colocando em risco suas vidas. Foi com o objetivo de minimizar esse problema que uma empresa norte-americana desenvolveu uma escova de dente de bambu – e a envia de graça para quem a encomendar, cobrando só pelo frete.

A empresa só cobra pelo frete desse modelo de escova de dente de bambu
A empresa só cobra pelo frete desse modelo de escova de dente de bambu

A Giving Brush, ou dando escova, em português, criou ainda um canudo de bambu, pelo qual também só exige o pagamento relativo ao envio.

A ideia surgiu enquanto um dos sócios da empresa “pegava onda” nos mares da Califórnia. Entre os diferentes tipos de detrito plástico com os quais se deparou, um em particular chamou mais a sua atenção: as escovas de dente.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

A meta da Giving Brush é que, em algum momento futuro, ao menos um quarto da população mundial abandone as escovas de plástico. Para tanto, tem colaborado com a disponibilização gratuita – como dissemos, só o frete é cobrado, no valor de US$ 6,79 (R$ 25), para uma unidade, para São Paulo – de um de seus modelos de escova de dente de bambu, a Rainbow, de cerdas coloridas. Cada pedido é limitado a no máximo 20 unidades. O canudo feito do mesmo material também pode ser encomendado só pelo valor do envio.

A empresa ainda comercializa outras escovas de dente, também feitas de bambu, a US$ 6,99 (R$ 25,90) cada uma, e um case para guardá-las, fabricado com o mesmo material, a US$ 19,99 (R$ 74). Esses valores não incluem o frete.

Leia também: Bola indestrutível marca gols da inclusão social em todo o mundo

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.