Polo industrial abandonado dá lugar a refúgio verde em Nova York

Em Long Island City, Nova York, um parque de 44 mil m² devolve à região parte de suas características originais

Por: Redação Comunicar erro

Ah, Long Island City. Trecho de Nova York, a leste de Manhattan, rico em galerias de arte e eventos culturais e que também concentra parques à beira da água.

Pois é justamente ali, ao sul da 54th Avenue, que um polo industrial abandonado deu lugar a uma dessas áreas verdes, com a inauguração da segunda fase do Hunter’s Point South Waterfront Park – o parque do “ponto do caçador”.

O polo industrial abandonado deu lugar a um parque com espaços para piquenique e caminhadas
Crédito: Reprodução/SWA/balsleyO polo industrial abandonado deu lugar a um parque com espaços para piquenique e caminhadas

Somando a nova área agregada de 22 mil m² à primeira fase do empreendimento, inaugurada em 2013, são cerca de 44 mil m² voltados para recreação e convívio com a natureza.

O local possui locais para piqueniques e espaços para a realização de exercícios. Há também salas de descanso para os frequentadores e um mirante sobre a água, de onde se pode contemplar o cartão-postal de Manhattan.

Desenhado pelos escritórios de arquitetura e urbanismo SWA/balsley e Weiss/Manfredi, com a consultoria da Arup, empresa de design e engenharia que participou de projetos para os Jogos Olímpicos de Londres de 2012, o parque se propõe também a recuperar características originais da região, outrora um refúgio pantanoso e que, agora, conta com cerca de 6.000 m² de áreas úmidas recém-estabelecidas.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

Vista aérea do "ponto do caçador"
Crédito: Reprodução/SWA/balsleyVista aérea do “ponto do caçador”

O complexo inclui ainda uma área de partidas de caiaques e trilhas para caminhadas às margens do rio East (East River).

Em uma península que foi construída como parte do projeto e acessada por uma ponte estreita, uma obra do artista Nobuho Nagasawa, batizada de Luminescência, apresenta discos brilhantes que representam as fases da Lua.

As fases da lua na obra de arte de Nobuho Nagasawa
Crédito: Reprodução/SWA/balsleyAs fases da lua na obra de arte de Nobuho Nagasawa

Ao proteger as margens do polo industrial das águas das enchentes, o parque do “ponto do caçador” reforça seu papel de resiliência ecológica em uma área de Nova York antes marcada pelo abandono.

Leia também: Para proteger corais, Havaí proíbe uso de filtro solar

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: