Dimenstein: Lei Rouanet promove ignorância, histeria e Fake News

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro
Tags: #News
Fake News sobre lei

Um estudo publicado hoje pela Fundação Getúlio Vargas( FGV) é um tiro poderoso contra a ignorância em torno da Lei Rouanet.

O estudo mostra que, desde 1993, a Lei Rouanet significou uma renúncia de impostos de R$ 17 bilhões – aliás, muita gente não sabe que essa lei é um incentivo assim como existe para automóveis ou agricultura.

Mas esse dinheiro injetado na economia significou um movimento de R$ 50 bilhões, gerando empregos e salários – além, claro, de impostos que voltam para o governo.

Nada disso invalida a discussão sobre se a lei poderia ser melhor usada.

Mas ajuda a desmontar a histeria que apresenta essa lei como uma “mamata” do governo para beneficiar seus amigos no mundo cultural.

Ou apenas para ajudar  “celebridades” – boa parte do dinheiro vai para museus ( Masp ,  centros culturais orquestras sinfônicas e exposições como a Bienal de São Paulo.

Catraca Livre já usou a Lei Rouanet, em 2016, para promover uma agenda gratuita de eventos culturais.

Se o governo mexer na lei seguindo apenas a histeria, pode prejudicar a cultura acessível, mas atingir um segmento relevante da economia criativa.

Compartilhe:

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.