Dimenstein: políticos dão aula de como jogar fora nosso dinheiro

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro
Tags: #News

Há desperdícios que podem até não parecer muito dinheiro.
Mas mostram, com perfeição, o nível de deboche com nosso dinheiro. É uma aula de irresponsabilidade.
É como nos chamassem de idiotas.
Li hoje de manhã essa reportagem da Folha de S. Paulo sobre auxílio-moradia nas assembléias estaduais. Esse é apenas um trecho.

“Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia entre 2007 e 2016, o deputado estadual Marcelo Nilo (PSB) é dono de cinco apartamentos em Salvador e mora no Horto Florestal, um dos metros quadrados mais caros da cidade.
Seu sucessor no comando do Legislativo, o deputado estadual Angelo Coronel (PSD), é dono de uma casa avaliada em R$ 4 milhões em Stella Maris, uma das praias mais badaladas da capital baiana.
Deputados estaduais durante sessão no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, estado que mais gasta com auxílio-moradia para parlamentares
Deputados estaduais durante sessão no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, estado que mais gasta com auxílio-moradia para parlamentares – Sandra Travassos – 1.fev.2018/Alba
Adversários na política, os dois deputados estão afinados em relação a benefícios pagos pela Assembleia: ambos, assim como os outros 61 deputados estaduais da Bahia, recebem R$ 4.028 por mês de auxílio-moradia”

O que me incomoda mais é simples: quem mais deveria dar o exemplo de respeito ao país mais serve de contra-exemplo.
E ainda acham que devemos tratar esses indivíduos de Vossa Excelência.

Compartilhe:

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.