Grupos de Bolsonaro apontam “comunistas camuflados” no WhatsApp

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

Está correndo nas redes mais uma daquelas teorias conspiratórias.
Dessa vez, é a tática secreta dos “comunistas” camuflados usando o WhatsApp para “prejudicar” o novo governo.
A revelação é da coluna “Radar”, do jornal o Globo.
“Grupos pró-Bolsonaro no WhatsApp estão compartilhando um alerta contra uma mirabolante “nova tática comunista na internet”, que teria o objetivo de “causar confusão e enfraquecer os grupos”. De acordo com a cartilha, postagens questionando decisões da equipe de governo e criando debates ou conflitos seriam obra de “militantes camuflados” que “fingiriam ser eleitores de Bolsonaro”.

O que me parece é simples: esses grupos sempre manipularam o WhatsApp e, agora, estão vendo fantasmas.
Até porque não existe complô comunista no Brasil.
Quem provoca polêmica de verdade não são opositores. Mas os aliados como os filhos do presidente, brigas entre parlamentares amigos, disputas de poder envolvendo palacianos.
E personagens como Damares Alves, dizendo como um menino ou menina deve ser vestir.

Compartilhe:

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.