Jair Bolsonaro cria estilo de governo “João Bobo”

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

João Bobo é aquele boneco inflável que vai e volta.

Quase que invariavelmente, há um recuo ou desmentido sobre os mais variados temas – o que mostra o clima de improvisação. Anunciou-se, por exemplo, aumentou do IOF e redução do imposto de renda; base militar dos EUA no Brasil: fim da Empresa Brasileira de Comunicação ( EBC). Viraram recuos.

Hoje, o recuo foi sobre normas do edital para livros didáticos.

As novas normas não exigiam exigiam referências bibliográficas e o compromisso a não violência contra as mulheres, promoção das culturas quilombolas e dos povos do campo.

“O MEC reitera o compromisso com a educação de forma igualitária para toda a população brasileira e desmente qualquer informação de que o Governo Bolsonaro ou o ministro Ricardo Vélez decidiram retirar trechos que tratavam sobre correção de erros nas publicações, violência contra a mulher, publicidade e quilombolas de forma proposital”, diz a nota.

Compartilhe:

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.