O câncer e a solidão do homem abandonado pela família Bolsonaro

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro
Tags: #News

A foto de Fabrício Queiroz estendido numa cama de hospital Albert Einstein,  recuperando-se a retirada de um tumor,

agrega ainda mais dramaticidade ao mistério das movimentações de sua conta bancária.

Até o momento, sabe-se muito pouco das movimentações na conta do ex-assessor de Flávio Bolsonaro.

Como as explicações do motorista não foram convincentes porque não vieram acompanhadas de provas, a maior suspeita é de que ele estaria fazendo o que muita gente faz no Legislativo: reunindo clandestinamente dinheiro para Flávio Bolsonaro.

Afinal, 7 funcionários do então deputado estadual faziam depósitos nas conta de Fabrício, com dinheiro sacado ou depositado ao vivo – o que indica a vontade de esconder alguma coisa.

Fabrício é um homem solitário, abandonado pela família Bolsonaro, que o responsabilidade pela conta suspeita.

Compartilhe:

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.