Salário do filho Mourão vira deboche e irrita Bolsonaro

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

Essa nota abaixo foi publicada por Lauro Jardim, de O Globo.

A promoção de Antonio Mourão, filho do vice Hamilton Mourão, cujos vencimentos no Banco do Brasil passam de R$ 12 mil para R$ 36,5 mil, não foi surpreendente apenas para a população em geral.

Jair Bolsonaro só teve conhecimento que Antonio será agora assessor especial do presidente do BB, Rubem Novaes, quando a informação tornou-se pública.

Entre os ministros do governo, a nomeação causou mal-estar. 

O fato óbvio:  Bolsonaro promete corte de gastos públicos,  redução das aposentarias,  transparência, moralização do governo, combate aos desperdício.

Critica-se o aparelhamento do Estado – uma marca supostamente do PT.

O aumento do salário do filho do Mourão soa como um deboche

Mesmo que ele tenha mérito, óbvio que seria visto como um deboche.

Compartilhe:

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.