TV Globo rachou imagem de honestidade da família Bolsonaro.

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

O Jornal Nacional complicou ainda mais a vida da família Bolsonaro.
Aguardem que essa “novela” está apenas nos primeiros capítulos.
O que a TV Globo mostrou, no sábado, já foi o suficiente para rachar a imagem de honestidade da família Bolsonaro.
Foram mostrados mais detalhes da conta de Flávio Bolsonaro: um pagamento de R$ 1 milhão, por exemplo.
O mais grave está aqui, como mostra o G1.

Um novo trecho do relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), sobre movimentações bancárias atípicas de Flávio Bolsonaro, aponta que ele fez um pagamento de R$ 1.016.839 de um título bancário da Caixa Econômica Federal. O Coaf diz que não conseguiu identificar o favorecido. Também não há data e nenhum outro detalhe do pagamento.

O documento, obtido com exclusividade pelo Jornal Nacional, cita que o senador eleito tem operações muito parecidas com as feitas por Fabrício Queiroz, seu ex-assessor, apesar de as datas serem diferentes.

Em comum nos dois relatórios do Coaf:

os depósitos e saques eram feitos em caixas de autoatendimento dentro da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj);
as operações eram em espécie;
os valores era fracionados.
O novo relatório do Coaf analisa movimentações de Flávio Bolsonaro entre junho e julho de 2017. Foram 48 depósitos na conta do então deputado estadual, agora senador eleito pelo PSL do Rio.

Todos os depósitos foram no mesmo valor: R$ 2 mil – o limite permitido em dinheiro nos caixas automáticos da Alerj. No total, foram R$ 96 mil em cinco datas:

9 de junho de 2017: 10 depósitos, no intervalo de 5 minutos;
15 de junho de 2017: mais 5 depósitos, em 2 minutos;
27 de junho de 2017: outros 10 depósitos, em 3 minutos;
28 de junho de 2017: mais 8 depósitos, em 4 minutos;
13 de julho de 2017: 15 depósitos, em 6 minutos.

É só o começo: há uma grande de conexão entre as contas.

A situação se complica porque já existem registros de que foram feitos depósitos para Michele Bolsonaro, supostamente destinados a Jair Bolsonaro.
Mais: Bolsonaro já informou que mais transferências devem aparecer.
Fabrício de Queiroz é amigo de 30 anos de Jair Bolsonaro.
Mais: sua filha Nathalia trabalhou por dois anos no gabinete de Jair Bolsonaro e, ao mesmo tempo, exercia a atividade de personal trainer.
Como se sabe, havia transferências de Nathalia para o pai.
No gabinete de Flávio trabalhavam filhas de Fabrício, mulher e até o ex-marido da mulher.
É uma teia que coloca todos sob suspeita.
A bomba vai cair mais cedo ou mais tarde nas mãos de Sérgio Moro, responsável pela Coaf.

Compartilhe:

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.

1 / 8
1
05:52
O RISCO DE IMPEACHMENT DO BOLSONARO
"Descomplicando" é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
2
09:26
QUEM MANDOU MATAR O BOLSONARO?
Descomplicando é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
3
07:50
DESCOMPLICANDO: REFORMA DA PREVIDÊNCIA
"Descomplicando" é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
4
07:28
A VERDADEIRA HISTÓRIA DA FOTO QUE CHOCOU O BRASIL
"Descomplicando" é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
5
02:24
Barraco Brasil Bolsonaro
"Descomplicando" é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
6
05:15
DESCOMPLICANDO: BANHEIROS UNISSEX
7
01:59
EU JÁ FIZ XIXI EM UM BANHEIRO UNISSEX!
"Descomplicando" é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
8
02:59
BOLSOMINIONS ARREPENDIDOS