Informar

Alimentos que potencializam os resultados da academia

Alimentação equilibrada antes e após as atividades físicas é a chave para o sucesso

Por: Redação
alimentos e acessórios de academia
Crédito: Getty Images/iStockphotoAlimentação pré e pós-treino ajuda a alcançar os resultados dos treinos

Independente do objetivo que te leva à academia, a alimentação é um dos itens mais fundamentais para alcançar os resultados esperados.  Seja para ganhar ou manter massa muscular, perder gordura ou alcançar a definição, a sua escolha alimentar é a chave para o sucesso.

Vale destacar que cada pessoa possui a sua individualidade, tanto metabólica quanto de rotina. Por isso, o ideal é uma consulta com um especialista. Apesar disso, existem algumas regras alimentares comuns a todos. A primeira e mais importante delas é “esqueça o jejum”.

Equivocadamente, muitas pessoas na ânsia pelo emagrecimento apostam em ficar horas sem comer nada e praticar exercícios. Mas é como aquele ditado que diz: ‘saco vazio não para em pé’. E não para mesmo!

Além do organismo não ter energia para a prática de atividade física, em jejum, o organismo vai buscar queimar mais músculos do que energia estocada. Isso é defendido pelos especialistas e comprovado em estudos.

Cardápio pré-treino

batata doce
Crédito: Getty Images/iStockphotoBatata doce é uma ótima opção de carboidrato pré-treino

Alimentos ricos em carboidrato são os mais indicados, pois fornecem a energia necessária para o esforço físico. A nutricionista Jordana Cunha recomenda preferir os de baixo índice glicêmico como pães, arroz, massas integrais que vão liberar de forma gradual o açúcar no sangue, evitando dessa forma pico de insulina.

Veja algumas sugestões do que comer:

  • Batata-doce
  • Tapioca
  • Mandioca
  • Frutas
  • Açaí (para quem for malhar por mais de 1h30)

O que evitar: frituras, gordura hidrogenada e açúcar refinado.

Cardápio pós-treino 

A refeição feita após a prática esportiva ajuda o músculo a recuperar-se e é tão importante quanto o pré-treino. Os alimentos proteicos cumprem bem essa função e por isso são indicados. Os carboidratos também devem entrar aqui, pois ajudam a recuperar o estoque de energia perdida. Géis de carboidrato e isotônicos que contenham carboidrato também são opção.

“Proteínas também são importantes, pois são importantes para a recuperação e manutenção dos músculos”, afirma a nutricionista.

Confira algumas sugestões:

  • Pães
  • Cereais e arroz
  • Ovos
  • Carnes
  • Queijos
  • Whey protein
  • Iogurtes com baixo teor de gordura
  • Leguminosas
  • Ovos
  • Atum
  • Peito de peru
  • Frango

O que evitar: frituras, bolos e açúcar refinado