Burpee: exercício que queima mais calorias que a esteira

Apesar de parece inofensivo, exercício exige bastante e trabalha diversas partes do corpo

Engana-se quem pensa que a corrida na esteira é a atividade aeróbica mais eficiente para queima calórica. Há tempos, o burpee, um exercício de alta intensidade que mistura flexão e salto, vem sendo a aposta daqueles que querem perder peso.

De acordo com o personal trainer Alexandre Melo, o movimento – feito apenas com o peso do corpo – é um dos mais completos, pois trabalha vários músculos ao mesmo tempo (braços, pernas, abdômen e ombros). “Ele acelera o metabolismo durante horas e isso significa que o corpo continua queimando calorias mesmo quando a pessoa já estiver em repouso”, explica.

O exercício serviu de estudo para pesquisadores da Universidade do Sul do Maine, nos Estados Unidos. Eles criaram um método capaz de calcular o gasto de energia durante o exercício e descobriram que um circuito de ritmo rápido consome tantas calorias quanto o mesmo tempo correndo a uma velocidade alta de 15 km/h na esteira. Isso mostrou que é possível perder gordura com pouco tempo de treino.

Segundo outro estudo apresentado no encontro anual American College of Sports Medicine, 10 repetições velozes de burpee é mais eficiente que 30 segundos pedalando em uma velocidade intensa na bike.

O educador físico Alexandre Melo lembra, no entanto, que o gasto calórico vai depender não só da intensidade, como também do peso e da massa muscular da pessoa que pratica o exercício.  “Quanto mais músculos ela tiver, mais calorias e gorduras queimará”, explica.

O segredo para o exercício fazer efeito é acelerar o ritmo na maior velocidade possível até que a pessoa fique ofegante. Em seu canal no Youtube, o educador físico Sérgio Bertoluci ensina como fazer uma sequência do famoso burpee.

Se você tiver algum problema de saúde ou não se sentir em condições de realizar o exercício, consulte a opinião do seu médio antes de começar.

Compartilhe: