Estes sinais indicam que sua ansiedade está além da conta

Informar

Chás que ajudam a combater os sintomas da TPM

Cólicas, dores de cabeça e irritabilidade são alguns dos sintomas que podem ser amenizados com infusões de ervas

Por: Redação
chá na mesa com chaleira e xícara
Crédito: natalie_board/istockInfusões de ervas são eficientes no combate a alguns sintomas da TPM

Não precisa ir muito longe, no tempo de nossas avós ou mães, era comum recorrer a raízes e ervas plantadas no quintal de casa ou na jardineira para tratar algum mal-estar. Quem nunca ouviu dizer que boldo, erva-santa e carqueja eram santo remédios para diversas enfermidades? Ainda hoje, muitas mulheres recorrem a esses meios naturais para combater os sintomas da TPM (Tensão Pré-Menstrual).

É sabido que o chá de erva doce e o de sálvia, por exemplo, diminuem a dor abdominal, enquanto o de camomila reduz a irritação e a ansiedade. Esses benefícios tão conhecidos pela sabedoria ancestral já foram comprovados pela Ciência.

Para reunir parte dessa sabedoria feminina, o projeto Matriarcaria criou um Manual das Ervas para os Ciclos Femininos. No guia, disponível virtualmente, estão reunidos os diferentes tipos de ervas e os benefícios de cada uma no tratamento dos sintomas pré-menstruais.

Entre as principais queixas femininas no período pré-menstrual estão cólica, dor de cabeça, irritabilidade, aversão à luz, peso nas pernas, melancolias, baixa imunidade, fraqueza, pouca concentração, inchaço abdominal, sensibilidade e inchaço nas mamas e tontura.

O manual com as receitas de chás para esses desconfortos foi preparado pela acupunturista e fitoterapeuta Marcela Almeida.  Separamos aqui algumas dessas infusões indicadas por ela. Todas ajudam a combater os sintomas da TPM. O material completo, você pode encontrar neste link.

Sintomas: cólicas, dor de cabeça lateral, irritabilidade, aversão à luz e tontura.

Chá: Tansagem + casca de limão + manjericão

Como fazer: ferver por 2 minutos

Sintomas: cansaço, dor de cabeça frontal, peso nas pernas, melancolia, cólicas.

limão e anis estrelado
Crédito: snapjet/istockAnis-estrelado é uma especiaria em formato de estrela muito perfumada

Chá: casca de tangerina + casca de limão + anis-estrelado

Como fazer: ferver por 2 minutos comas cascas secas (5cm de cada)

Sintomas: ciclo irregular com ausência de menstruação, menstruação vai e volta, fraqueza, baixa imunidade e frio interno.

Chás: artemísia + cravo + canela + alfavaca

Como fazer: ferver por 2 minutos

Além dos chás, tratamentos como a acupuntura e a homeopatia, previstos na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do Sistema Único de Saúde (SUS), são opções efetivas para aliviar a tensão pré-menstrual.

TPM e a relação com o estilo de vida

mulher se exercitando
Crédito: snapjet/istockPraticar exercícios físicos regularmente diminui os sintomas da TPM

A Tensão Pré-Menstrual costuma ocorrer cerca de 10 dias antes do início do ciclo. Durante aproximadamente 28 dias, o corpo da mulher sofre diversas alterações que preparam o útero para uma possível fertilização. Nos primeiros 14 dias, ocorre a ovulação que eleva os níveis de estrógeno. Esse hormônio é um dos responsáveis por controlar o nosso bem-estar. Nos 14 dias seguintes, a parede do útero começa a engrossar e é nessa fase que ocorre uma queda nos níveis de estrógeno e elevação nas taxas de progesterona. E quando essa alteração acontece de forma brusca, aparecem uma série de sensações desagradáveis característicos da TPM.

Vale dizer que os sintomas  estão, em sua maioria, associados ao estilo de vida de cada uma. De acordo com a coordenadora da Saúde da Mulher do Ministério da Saúde, Ester Vilela, um conjunto de excessos ou desajustes vividos durante o mês vão refletir no corpo dias antes do ciclo menstrual. “Muitas vezes, é uma retenção hídrica causada pelo excesso de progesterona, de hormônios no pré-menstrual, associada a um estilo de vida. A mulher comeu muito sal, alimentação pesada, com toxinas ou exagerou em alguma coisa, como bebida”, explica Esther ao Blog da Saúde, do Ministério da Saúde.

Segundo Esther, esse é um momento de aumentar o autocuidado e observar o que faz bem para e o que não faz. Alimentos ricos em cálcio e em vitamina B6, como derivados do leite, banana e grãos integrais amenizam os sintomas da TPM.

Outra dica que ajuda muito a aliviar o sintomas da TPM é a prática de exercícios físicos, pois movimentar o corpo libera endorfina, o hormônio do prazer e do bem-estar, e ajuda a acalmar e aliviar dores. A prática, no entanto, deve ser realizada regularmente, durante todo o mês e não somente no período pré-menstrual.