Comer proteína vegetal pode diminuir risco de morte; veja opções

Conclusão foi de pesquisadores japoneses, que conduziram um estudo por 18 anos; conheça vegetais ricos em proteínas

Por: Redação
Crédito: Montagem sobre fotos PixabayIngerir proteína vegetal pode diminuir o risco de morte, diz estudo

Quando pensamos em proteína, geralmente nos lembramos automaticamente de carne. Mas as proteínas advindas de fontes vegetais podem e devem ser consumidas. Segundo um estudo, elas até mesmo diminuem o risco de morte.

A conclusão foi do Grupo de Estudo Prospectivo do Centro de Saúde Pública do Japão, que divulgou em agosto uma pesquisa sobre o tema. Os estudiosos acompanharam a dieta de 70.696 adultos japoneses por um período de 18 anos. Um consumo maior de proteína vegetal foi associado a menos mortes no total.

“Um maior consumo de proteínas à base de plantas pode contribuir para a saúde e longevidade a longo prazo”, diz o estudo, divulgado em uma publicação especializada. O público pesquisado tinha entre 45 e 74 anos e não possuía histórico de câncer, doença cerebrovascular ou doença isquêmica do coração.

“Embora a ingestão de proteína animal não tenha sido associada a resultados de mortalidade, a substituição de proteína de carne vermelha ou proteína de carne processada por proteína vegetal foi associada à menor mortalidade total, relacionada ao câncer e a doenças vasculares”, concluíram os japoneses.

Gostou desse resultado? Então confira abaixo alguns vegetais ricos em proteínas para introduzir em sua alimentação:

<b>Aveia</b> - Possui cerca de 17 g de proteína em 100 g do alimento, contra 28 g do frango grelhado. Consumindo aveia, você ainda ganha em fibras e ingere menos gordura
Aveia - Possui cerca de 17 g de proteína em 100 g do alimento, contra 28 g do frango grelhado. Consumindo aveia, você ainda ganha em fibras e ingere menos gorduraTante Tati/Pixabay
<b>Batata</b> - Ela é conhecida por ser rica em carboidrato, mas a proteína é o segundo nutriente mais abundante no tubérculo, com cerca de 2% de sua composição
Batata - Ela é conhecida por ser rica em carboidrato, mas a proteína é o segundo nutriente mais abundante no tubérculo, com cerca de 2% de sua composiçãoCouleur/Pixabay
<b>Grão-de-bico</b> - É importante incluirmos essa leguminosa em nosso cardápio, já que a proteína que contém é facilmente digerível
Grão-de-bico - É importante incluirmos essa leguminosa em nosso cardápio, já que a proteína que contém é facilmente digerívelAlexdante/Pixabay
<b>Quinoa</b> - Tem 4 g de proteína em 100 g e, devido às suas propriedades nutricionais, virou queridinha de quem gosta de cuidar da saúde e manter a boa forma
Quinoa - Tem 4 g de proteína em 100 g e, devido às suas propriedades nutricionais, virou queridinha de quem gosta de cuidar da saúde e manter a boa formaEvita Ochel/Pixabay
<b>Soja</b> - A proteína da soja é a única do reino vegetal que pode substituir totalmente as animais do ponto de vista nutricional - tem quase todos os aminoácidos essenciais na proporção certa
Soja - A proteína da soja é a única do reino vegetal que pode substituir totalmente as animais do ponto de vista nutricional - tem quase todos os aminoácidos essenciais na proporção certaJing/Pixabay
Fontes: Ilsi (International Life Sciences Institute), Embrapa e Departamento de Informática em Saúde da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo

Compartilhe: