3 receitas saudáveis e rápidas de preparar antes do treino

Informar

Dicas de alimentação ideal para quem pratica atividade física

Por:
Atividade física aliada a alimentação saudável
Dicas de alimentação saudável para antes e depois da atividade física

Mesmo na correria do dia a dia, a alimentação adequada não pode ser deixada de lado pois é tão importante para saúde e bem-estar quanto a prática de atividades físicas. Uma alimentação equilibrada aliada à prática de atividades físicas são determinantes para alcançar qualidade de vida e a saúde tão desejada por todos. A nutricionista Tatiana Roman, personal diet e pós-graduada em Nutrição clínica pelo GANEP, dá dicas de uma alimentação ideal para antes e depois do treino. Confira:

Pré-treino

Antes do treino é importante preparar o organismo para o esforço que será realizado. A alimentação adequada evitará a fadiga e vai melhorar o desempenho durante a atividade física. O organismo não pode estar em jejum para que não haja perda do rendimento e hipoglicemia e a atividade só pode ser realizada depois da digestão completa. Isto para que não haja incômodos como indigestão, náuseas e vômitos.

Antes dos treinos aeróbicos e de força dê preferência aos carboidratos, macronutriente que gera energia. Prefira os de baixo índice glicêmico que liberam o açúcar no sangue gradualmente e não geram picos de insulina, garantindo energia por mais tempo durante a atividade física.

Sugestão de consumo: sanduíche de atum com queijo branco e pão integral, iogurte com granola, banana com farelo de aveia.

Pós-treino

A refeição pós-treino é tão importante quanto a pré-treino, pois ela repõe os nutrientes gastos ao longo dos exercícios físicos. É recomendado se alimentar dentro de 30 minutos após a atividade e ingerir proteínas e carboidratos. A proteína tem a função de recuperar os tecidos musculares que foram lesionados durante a atividade física. Já os carboidratos repõe o estoque de energia perdida.

Sugestão de consumo: Pães, cereais e arroz são fontes de carboidratos. As proteínas podem ser encontradas em alimentos de origem animal como ovos, carnes, leite e queijos.

Vale lembrar que os nutrientes necessários que precisam ser ingeridos vão depender do exercício que será realizado e o objetivo pretendido com ele. O ideal é que a dieta seja individualizada, de acordo com a característica física de cada um, o tipo de exercício e sua intensidade e os objetivos a serem alcançados.