Os possíveis efeitos colaterais da dieta cetogênica

Regime alimentar que reduz o consumo de carboidrato, de fato, dá resultado para quem quer emagrecer, mas pode gerar mal-estar

Por: Redação Comunicar erro

Embora a dieta cetogênica pareça nova e moderna, ela existe desde a década de 1920 como um tratamento para a epilepsia. Hoje em dia, é considerada um remédio para tudo, desde infertilidade até diabetes tipo 2, e também para ajudar na perda rápida de quilinhos extras.

A dieta cetogênica basicamente propõe a redução da ingestão de carboidratos para menos de 50 gramas por dia e o aumento da ingestão de gordura e proteína.

vários alimentos na mesa
Crédito: grandriver/istockDieta cetogênica propõe redução drástica de carboidrato

Em resumo, cerca de 70% a 80% das calorias ingeridas devem vir de gordura, cerca de 20% de proteína e apenas 5% de carboidratos.

E por que a dieta cetogênica funciona?

O que faz a dieta cetogênica apresentar resultado na balança é a redução brusca de carboidrato. Sem essa fonte de energia, o corpo se vê obrigado a queimar a reserva de gordura e, quando esta reserva é queimada, a pessoa emagrece.

No entanto, a dieta é extremamente controlada e muito difícil de ser mantida, já que apenas uma batata cozida e uma fatia de pão podem conter um dia inteiro de carboidratos.

Uma revisão publicada em janeiro de 2015 no Journal of Clinical Neurology concluiu que apenas 45% dos participantes conseguem seguir a abordagem conforme prescrito. A baixa adesão é atribuída a efeitos colaterais, isolamento social e fissura.

prato com ovos e abacate
Crédito: IGphotography/istockOs alimentos permitidos na dieta cetogênica são aqueles ricos em gorduras boas

Para a nutricionista Tatiana Maia, a dieta cetogênica não é sustentável porque tira o prazer e alegria de comer. “A alimentação também é uma questão psicológica e emocional, não apenas nutricional, e todos os aspectos são importantes. É preocupante enxergar a alimentação de modo estritamente funcional, e quando é assim, sem prazer, dificilmente dura muito tempo”, afirma.

Efeitos colaterais

Quando há qualquer tipo de mudança na dieta, o corpo pode sentir. Com a dieta cetogênica é comum aparecer alguns efeitos colaterais nos primeiros dias, como dores de cabeça e pelo corpo, além de mal-estar.

Há estudo que apontam para outros efeitos que devem ser considerados, tais como:

  • Perda muscular
  • Sobrecarga nos rins
  • Problemas no fígado
  • Constipação
  • Alterações de humor
  • Deficiências nutricionais
  • Desidratação e perda de eletrólitos

Compartilhe: