Jeito de mastigar pode afetar nossa digestão e até nossa nutrição

Essa foi uma das informações divulgadas em um estudo brasileiro sobre a qualidade da mastigação de jovens

Por: Redação
Crédito: Esther Merbt/PixabayJeito de mastigar pode afetar nossa digestão e até nossa nutrição

Você sabia que seu jeito de mastigar pode afetar sua digestão, sua nutrição e sua saúde? Segundo especialistas brasileiros, a mastigação de um lado só, por exemplo, prejudica a mandíbula — que possui articulações bilaterais. Isso pode levar a alterações na estrutura de um dos lados do arco dentário e a prejuízos na formação do bolo alimentar, além de perdas nutricionais e outros problemas.

Essa foi uma das informações divulgadas em um estudo que concluiu que a qualidade da mastigação pode estar relacionada ao sobrepeso em adolescentes.

A pesquisa Avaliação da Composição Salivar e da Qualidade da Função Mastigatória de Adolescentes com Sobrepeso e Obesidade foi realizada pelo campus Diadema da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e por pesquisadoras da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

O estudo, que teve o apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), avaliou os hábitos alimentares e a qualidade da função mastigatória de 230 jovens de 14 e 17 anos que moravam no município de Piracicaba (SP).

Hábitos nocivos

De acordo com os estudiosos, os adolescentes com sobrepeso ou obesidade apresentaram frequência maior de alterações nos músculos da face e de hábitos que prejudicam a formação do bolo alimentar e, por consequência, a nutrição.

Em pessoas obesas, foram observadas alterações relativas às funções dos músculos, além de dificuldade de mastigar, afetando a qualidade da alimentação.

A pesquisa também concluiu que a mastigação tem características distintas entre meninos e meninas. Garotas com sobrepeso ou obesidade mastigavam com maior frequência de um lado só, o que prejudica a saúde.

Conforme disseram os estudiosos, os testes não determinaram uma ligação entre as alterações e o excesso de peso, mas ajudaram a compreender quais comportamentos e hábitos precisam ser observados e corrigidos na alimentação.

Ou seja: mastigar dos dois lados é um dos caminhos para termos uma digestão mais adequada e, por consequência, ficarmos mais nutridos e saudáveis.

Compartilhe: