Informar

Os sinais que seu corpo dá quando você está estressado

Por:

O corpo se comunica o tempo todo e dá todos os sinais a respeito da origem de um problema. Emoções mal digeridas afetam o estômago, enquanto o excesso de preocupações e nervosismo pode causar dores de cabeça e até tremores nas pálpebras.

As situações abaixo costumam acontecer com frequência quando passamos por algum episódio de estresse, tensão ou nervosismo. Confira abaixo e aprenda a ler os sinais:

1. Queda de cabelo em excesso

Os cabelos podem cair por vários motivos e um deles é o desequilíbrio emocional.  O estresse está em primeiro entre as causas emocionais capazes de enfraquecer os fios. Isso porque nessas situações, há uma liberação maior do cortisol, o hormônio do estresse, que colabora com a queda.

É preciso saber que uma queda diária de 50 a 100 fios por dia é comum, mas quando o ralo do banheiro fica cheio e não há substituição por fios novos significa que algo não está normal. Aí, cabe ao médico avaliar a situação e descartar outras causas, como anemia e problemas na tireoide.

2. Alergias de pele

Estudos dermatológicos apontam que 40% dos pacientes que apresentam alguma doença de pele têm algum problema emocional.  Em algumas pessoas, esse estado se apresenta com a aparição de bolinhas em várias partes do corpo e coceira local.

De acordo com a Sociedade brasileira de Inteligência Emocional, essa é uma maneira que o sistema imunológico encontra para reagir e tentar proteger o corpo do estresse. Além da coceira e de bolinhas, a pele também pode apresentar inchaço, vermelhidão ou ardência.

3. Tensão muscular

Quem nunca sentiu um nó na parte superior das costas depois de uma semana tensa no trabalho? Essa contração muscular é outra forma do corpo lutar contra o estresse. Em geral, os músculos das costas e do pescoço são os mais sensíveis nesses casos.

4. Contração muscular espasmódica

Tremor nas pálpebras pode ser um sinal de estresse

Pode se apresentar em qualquer parte do corpo: braços, ombros e pálpebras. O que acontece é uma pequena contração involuntária continuada. Geralmente esse sintoma desaparece em dois ou três dias, dependendo do grau de estresse da pessoa. Quem já sentiu a pálpebra “pular” sem mais nem menos, sabe o quanto incomoda.

5. Formigamento

Ansiedade e estresse também podem causar formigamento nas extremidades do corpo, com mãos e braços. Na maioria das vezes, não é algo grave, mas se o formigamento atingir um órgão inteiro ou metade do corpo, é preciso procurar um atendimento médico com urgência.

Como controlar o estresse

Fazer atividades físicas, praticar meditação e atividades relaxantes são ações que ajudam a melhorar a tensão. Se você sofre desse mal com frequência, confira as dicas abaixo que ajudam a controlar o estresse:

  • Gostou das dicas? Clique aqui e cadastre-se na nossa newsletter para receber mais informações como essa.