Quer saber como está sua pressão arterial? Tire uma selfie!

Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, conseguiram medir com precisão a pressão arterial usando a câmera do telefone

Por: Redação Comunicar erro
Crédito: Reprodução/@ universitytoronto/YouTubeSe quer saber como está sua pressão arterial, tire uma selfie

Já que fazer selfies se tornou uma das coisas mais corriqueiras do mundo, que tal usar a mania em prol de nossa saúde e bem-estar? É o que pensaram estudiosos da Universidade de Toronto ao criar um método de aferir com exatidão a pressão arterial usando uma câmera de celular.

A tecnologia é denominada imagem óptica transdérmica. Os pesquisadores canadenses mediram com ela a pressão arterial de 1.328 adultos canadenses e chineses. Eles capturaram vídeos de dois minutos de seus rostos em um iPhone. Os resultados foram comparados com dispositivos padrão usados ​​para medir a pressão.

Três tipos de pressão foram aferidas com precisão de 95 a 96%. “A pressão arterial está entre os principais índices que usamos para medir sua saúde”, diz o professor Kang Lee, principal autor do estudo.

As imagens ópticas transdérmicas capitalizam a natureza translúcida da face. Quando a luz atinge o rosto, penetra na pele e atinge a hemoglobina abaixo dela.

Essa tecnologia usa o sensor óptico do smartphone para capturar a luz vermelha da hemoglobina, o que permite visualizar e medir alterações do fluxo sanguíneo.

Estresse

“No vídeo […], você pode ver como o sangue flui em diferentes partes da face e, através desse fluxo e refluxo, você pode obter muitas informações”, diz Lee.

Um aplicativo chamado Anura permite às pessoas experimentar o software por conta própria. Na versão disponível ao público, é possível gravar um vídeo de 30 segundos do rosto para medir estresse e frequência cardíaca.

Uma versão do app que será lançada na China incluirá medições de pressão arterial. Mais estudos tornarão essas medições ainda mais precisas, conforme Lee.

Sua equipe também espera expandir os recursos para medir marcadores como glicose, hemoglobina e colesterol.

Cuide de sua pressão

Segundo o InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas), a pressão alta é um mal silencioso que pode levar à morte. Por isso, a doença pode se agravar sem que seja combatida a tempo.

Quem tem antecedente familiar ou apresenta fatores de risco, deve consultar um médico. Assim, será possível verificar se possui a doença e começar logo um eventual tratamento.

Além de genéticos, os fatores que levam à doença podem ter origem ambiental, dependendo dos hábitos de vida.

É indicado maneirar no saleiro e evitar alimentos processados. Sedentários, fumantes ou pessoas que bebem muito também correm riscos.

Ingerir no máximo 5 g de sal por dia, controlar o peso e se exercitar evitam a pressão alta.

Compartilhe: