Saiba como equilibrar o pH do sangue com alimentação

Buscar um ponto de equilíbrio entre a acidez e a alcalinidade do sangue é uma das formas de manter o organismo saudável

Por: Redação

O corpo trabalha o tempo inteiro para manter um delicado equilíbrio do pH sanguíneo, nem ácido demais e nem muito alcalino. E a alimentação tem um papel importante nisso, já que alguns alimentos tem o poder de neutralizar os ácidos provenientes das reações.

Antes de tudo, é preciso explicar: o termo pH significa “potencial de hidrogênio”, que é a medida dos íons de hidrogênio em uma solução específica. No nosso caso, essa “solução” refere-se aos fluidos e tecidos do nosso corpo.

O pH adequado varia em todo o corpo por vários motivos. Por exemplo, a pele e a vagina devem ser ligeiramente ácidas – isso ajuda a manter as bactérias nocivas afastadas. Já a saliva é mais alcalina, enquanto a urina é normalmente mais ácida, especialmente pela manhã.

Além disso, o corpo humano lida regularmente com ácidos naturais que são subprodutos da respiração, do metabolismo, do colapso celular e do exercício. Então, o objetivo não é pensar no ácido como algo “ruim” e alcalino como algo “bom”. Novamente, é um equilíbrio delicado.

De longe, a medida mais importante é o seu sangue. Para uma boa saúde celular, o nosso pH sanguíneo deve ser ligeiramente alcalino com um pH entre 7.365 e 7.45.

O interessante é que é possível equilibrar essa taxa a partir do consumo de alguns alimentos. Mas como saber a situação do seu pH?

alimentos perto de fitas que medem o ph
Crédito: phototake/istockÉ possível equilibrar o pH do sangue com alimentação

Uma pessoa que mantém uma dieta desequilibrada e uma vida sedentária, sem praticar nenhum tipo de atividade física, é provável que tenha o pH ácido. Outros indiciativos dessa desarmonia são os problemas digestivos, como indigestão, náusea, inchaço e refluxo. A maioria é causada ​​pelo excesso de ácido na região gástrica.

Quem sofre com esses sintomas, deve apostar em alimentos alcalinizantes, segundo a nutricionista Eliane Ribeiro. “Frutas, vegetais, leguminosas, temperos e sementes são alguns exemplos”, afirma.

Pode parecer estranho, mas o limão, embora ácido, é extremamente formador de alcalinidade. O que acontece, segundo a nutricionista, é que ao entrar em contato com o nosso organismo durante o processo digestivo, ele se torna alcalino. “Beber um copo de água com limão todos os dias é uma forma de controlar o pH ácido do organismo. É só espremer o limão na água um pouco antes de beber”, explica.

mulher espremendo limão em um copo d'água
Crédito: O_Lypa/istockNo organismo, o limão reage quimicamente alcalinizando o pH do sangue

O limão não é único que ajuda a equilibrar o pH do sangue, confira a lista de alimentos a seguir:

  • Limão
  • Laranja
  • Abacaxi
  • Couve
  • Couve-flor
  • Canela
  • Curry
  • Gengibre
  • Alho
  • Cebola
  • Agrião
  • Vinagre de maçã

Dieta do tipo sanguíneo: a relação entre genética e alimentação