Usar smartphone enquanto come pode elevar ingestão calórica

Jantar em companhia do celular pode levar ao consumo de mais calorias; dica é fazer as refeições com tranquilidade

Por: Redação |
Crédito: Helena Lopes/PexelsUsar smartphone enquanto come pode elevar ingestão calórica

Hoje em dia, é difícil jantar sem a companhia deles. Mas saiba que usar smartphones enquanto come pode fazer você consumir 15% mais calorias.

Essa é a conclusão de um estudo conduzido pelos professores Luciano Pereira, da Universidade Federal de Lavras (Ufla), em Minas Gerais, e Paula Midori Castelo, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Foram pesquisados 62 adultos voluntários de 18 e 28 anos, de ambos os sexos, tanto com peso normal quanto com excesso de peso. O estudo comparou a ingestão calórica em três diferentes condições de refeição: sem qualquer tipo de distração, com o uso de smartphone com livre conexão de internet e com leitura de um texto impresso.

O universo pesquisado foi avaliado em cabines individuais em diferentes dias e nas três situações. A ordem das sessões foi definida por sorteio. Todos tiveram as mesmas escolhas alimentares. Cada refeição durou aproximadamente 40 minutos, e os voluntários comeram até se dizerem satisfeitos.

“Os resultados de nosso estudo evidenciaram que o uso de smartphone durante uma refeição — no caso, lanche da tarde — pode aumentar o consumo de calorias em até 15%”, explicam os professores. “Esse efeito se deve ao que chamamos de ‘distração’, em que o indivíduo não presta atenção ao que está comendo e acaba consumindo mais em comparação à mesma refeição feita sem distração.”

Eles esclarecem que o aumento do consumo de calorias não resultará, necessariamente, em ganho de peso. Isso porque dependemos também do que gastamos ao longo do tempo. “Porém, o aumento do consumo calórico pode ser um fator importante em longo prazo”, alertam. “Adicionalmente, o celular é um objeto contaminado e um potencial veículo de transmissão de doenças, não devendo ser utilizado à mesa.”

Leitura

Crédito: THE 5TH/PixabayUsar smartphone enquanto come pode elevar ingestão calórica

O estudo demonstrou efeitos similares entre o texto e o smartphone — ou seja, o ideal é comer com tranquilidade, sem distrações.

Os chamados “distratores”, na verdade, exercem diferentes efeitos durante as refeições, segundo os estudiosos. “Se a distração promove engajamento [por exemplo, ver algo interessante na TV], o indivíduo se distrai tanto que interrompe a atividade motora necessária para levar o alimento à boca”, dizem. Ao contrário, se você se distrai de uma forma mais leve, como vendo algo menos interessante, mantém a atividade motora, continua levando o alimento à boca e acaba comendo mais.

Sozinho ou acompanhado?

Crédito: Skeeze/PixabayUsar smartphone enquanto come pode elevar ingestão calórica

Há, também, estudos sobre os efeitos de se alimentar sozinho ou acompanhado. “A quantidade de alimento ingerida na presença de outras pessoas depende das relações sociais com o acompanhante”, afirmam os pesquisadores. “Quando comemos com amigos ou familiares, temos tendência a comer mais, porque temos intimidade e não nos sentimos julgados pelo excesso.”

O mesmo não acontece quando comemos em companhia de alguém que não conhecemos tão bem — como em um primeiro encontro amoroso. “Temos a tendência a comer menos, em razão de que os padrões sociais indicam que comer pouco é mais elegante.”

Isso não quer dizer que comer com a família seja ruim, mas o ideal é que isso seja feito sem eletrônicos ligados. “Geralmente, essas refeições em família não promovem grande distração, pois são feitas em ambiente tranquilo e com conversas mais esporádicas.”

No entanto, os restaurantes oferecem um ambiente mais tumultuado. “Estabelecimentos que fornecem refeições geralmente têm música e TVs que contribuem para a distração e incentivam o consumo”, explicam os estudiosos. Eles finalizam com cinco dicas para evitar o aumento do consumo de calorias com o uso dos “distratores”:

1. Alimente-se de forma regular, devagar e com atenção;

2. Coma em ambientes limpos, tranquilos e confortáveis;

3. Mastigue bem os alimentos;

4. Evite se servir várias vezes ou, ao menos, aguarde um pouco para se servir novamente;

5. Coma em companhia de pessoas e não de “telas”.

Compartilhe: