Brasileiro cria sistema motorizado para cadeiras de rodas

Por: Redação Comunicar erro

Um aluno da Faculdade de Engenharia da Unesp (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, desenvolveu um sistema automotor de tração de baixo custo que permite cadeirantes enfrentarem um trecho de subida com até 40º de inclinação.

A tecnologia, que envolve uma terceira roda dianteira com baterias, fez parte da tese de mestrado de Júlio Oliveto Alves, em parceria com o professor Victor Orlando Gamarra-Rosado.

Chamado de “Radical”, o sistema custa até 60% mais barato em relação a produtos similares importados.

A tecnologia permite ao cadeirante ampliar seu campo de visão e possibilitar novas sensações, como um vento no rosto, um passeio de bicicleta no parque, entre tantas outras atividades diárias e de lazer. Permite ainda o deslocamento em vias pavimentadas e não pavimentadas, tais como ciclovias, ciclo faixas e calçadas.

Criado em 2011, o protótipo passou por uma atualização. Este ano, Alves procurou avançar na abertura de um negócio especializado no projeto, desenvolvimento e construção de novas alternativas no transporte individualizado de pessoas com deficiência.

O Radical permite uma autonomia de 2,5 h de uso, ou cerca de 25 km de deslocamento. A velocidade máxima alcançada é de 20 km/h.

Com base na legislação brasileira, o produto é equiparado à uma bicicleta convencional, sem a necessidade que o condutor possua uma Carteira de Habilitação, ampliando as possibilidades de utilização, conforme a Regulamentação 465/2013 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

Compartilhe:

Tags: #Unesp