Brincar ao ar livre ajuda a previnir miopia em crianças

Por: Redação |

Estudo australiano sugere que deixar as crianças passarem mais tempo ao ar livre diminui as hipóteses de eles serem míopes no futuro. A pesquisa, publicada na revista científica “Nature”, revela que expor os olhos à luz natural pode reduzir o risco de desenvolvimento deste distúrbio visual.

De acordo com os pesquisadores, quanto maior for o grau de luminosidade, menores serão as chances de desenvolver miopia. Ou seja, se os olhos estiverem expostos à luz solar (com intensidade a rondar os 10 mil lux), as possiblidades de se tornarem míopes são significativamente menores do que numa exposição a uma intensidade de 500 lux, o valor médio da luz artificial.

No entanto, a equipa responsável pelo estudo afirma que não é apenas a intensidade da luz que determina a probabilidade de se ter miopia ou não. A distância a que os objetos estão do olho é outro fator que contribui para desenvolver (ou não) o problema.

“Dizer que a luminosidade é a explicação para a miopia é simplificar muito um processo complexo”, diz Ian Flitcroft, especialista em miopia do Hospital Universitário Infantil de Dublin, citado pela “Nature”. As causas da miopia eram atribuídas a fatores genéticos, que agora estes cientistas revelam não ser a causa principal.

Este não é o primeiro estudo que relaciona a falta de luz natural com o surgimento de miopia. Em 2013, dois estudos realizados na China já davam conta da importância do sol na prevenção dos problemas oculares nas crianças.

De acordo com a “Nature”, cerca de 90% da população adolescente e adulta chinesa já tem miopia, contra os 10% a 20% registados há 60 anos.

Compartilhe: