Campanha mostra como adultos e crianças reagem a deficiências

Por: Redação

Uma ONG propôs um exercício simples a pais e filhos. Separados por um tapume, eles tinham que reproduzir as caretas que viam na tela que estava à sua frente.

Eles não se viam, mas tentavam imitar com precisão a imagem projetada. Rosto amassado, olhos esbugalhados, língua de fora…

Até que foi projetada a imagem de uma menina com deficiência múltipla. Enquanto as crianças se divertiam reproduzindo o que a menina fazia, os pais permaneciam paralisados.

Há um que até fura o bloqueio do tapume para observar a reação de sua filha –que, por sinal, se divertia colocando o dedo no nariz, como a menina na tela.

A campanha é da Noémi Association, ONG que tem como foco auxiliar pessoas com deficiência múltipla, e da agência Leo Burnett. Segundo a agência, “olhar o mundo pelos olhos de uma criança nos permite ver um ponto de vista diferente”.

Por QSocial

Compartilhe: