Artista fotografa mulheres negras em vestidos da nobreza europeia

Por: Redação Comunicar erro

Embora ela só tenha praticado seu ofício por quatro anos e meio, a artista Fabiola Jean-Louis, nascida no Haiti e criada em Nova York, está fazendo declarações fortes com seu trabalho de arte. Sua série “Reescrevendo a História” é um poderoso conjunto de fotografias manipuladas com a intenção de se contrapor às imagens tipicamente associadas à nobreza europeia dos séculos 15 a 19.

Artista fotografa mulheres negras em vestidos de nobreza europeia dos séculos 15 a 19

Para as imagens, que parecem pinturas a óleo, Jean-Louis não apenas trabalhou como fotógrafa, mas também criou os vestidos de papel que cada modelo usa. Com detalhes e simbolismo, ela infunde cada composição com flashes dos momentos muitas vezes brutais que as mulheres negras sofreram ao longo da história. Veja algumas imagens:

“A série fala do tratamento chocante dos negros ao longo da história e do trauma infligido em seus corpos, justapostos à idéia abstrata de liberdade negra”, afirma a artista. “Simultaneamente, se engaja com uma visão de futuro –de esperança, resiliência e justiça”, conclui.

Leia a reportagem completa no My Modern Met

Compartilhe: