Inhotim tem programação especial para deficientes auditivos

Museu terá uma semana de atividades inclusivas para celebrar o Setembro Azul

Por: Redação Comunicar erro

Entre os dias 24 e 29 de setembro, o Instituto Inhotim, um dos maiores museus a céu aberto do mundo, promove uma série de atividades inclusivas pessoas com deficiência auditiva.

As visitas guiadas contarão com roteiros especificamente estruturados para a comunidade surda, e intérpretes em Libras. As visitas são gratuitas, mas os grupos têm um limite de 25 pessoas cada.

Inhotim
Crédito: William Gomes/DivulgaçãoUma das obras do Instituto Inhotim, em Brumadinho (MG)

Também haverá pessoas que se comunicam em Libras em diversas áreas do museu.

A ação faz parte do Setembro Azul –evento voltado para o universo das pessoas surdas. No ano passado, o Instituto Inhotim iniciou um projeto de estudos da Língua Brasileira de Sinais (Libras) com objetivo de facilitar a comunicação com o público surdo.

Inhotim
Crédito: William Gomes/Divulgação“Vitruvian Figure”, do artista Paul Pfeiffer, é uma das obras permanentes do Instituto Inhotim

Com a ajuda de uma professora de Libras, o Inhotim capacitou uma turma de funcionários e produziu um material didático interativo, exclusivo para pessoas com deficiência auditiva. Também foi contratado um funcionário fluente em Libras para a equipe de monitores do museu.

“Realizar este trabalho com a comunidade surda é um desafio enorme, mas também um motivo de realização pessoal e profissional para todos nós. O Setembro Azul é um marco para o Inhotim como um todo, pois nos aproxima ainda mais dos nossos públicos”, diz Sara Souza, coordenadora de atendimento do Inhotim.

Informações:

Compartilhe: