Jovens refugiados lançam revista para contar histórias poderosas

Por: Redação Comunicar erro

Em homenagem à Jornada Internacional da Juventude, em 12 de agosto, um grupo de jovens refugiados lançou publicamente as duas primeiras edições do Ritsona Kingdom Journal”, uma revista digital na qual se expressam e compartilham suas perspectivas por meio de obras de arte, fotografia, ensaios curtos, poesia e muito mais.

Jovens refugiados lançam revista digital para contar histórias poderosas

A bandeira do Ritsona Kingdom está na capa da primeira edição. Essa bandeira tem um desenho simples, mas é profunda em significado. Uma tira azul na parte superior representa o território grego, enquanto uma faixa mais espessa de vermelho, abaixo, representa o território turco. Duas linhas amarelas simbolizam aqueles que morreram em viagens perigosas pelo Mar Egeu, bem como aqueles que sobreviveram e ainda estão tentando, desesperadamente, chegar à Europa.

Ritsona não é exatamente um reino, ou um país. É um campo de refugiados na Grécia. E esta bandeira não oficial, projetada e criada pelos refugiados, é um exemplo perfeito de como os jovens locais estão assumindo o controle de suas próprias histórias –e compartilhando-as com o mundo.

Agora, por meio do projeto, pessoas de todo o mundo podem aprender mais sobre Ritsona, ouvir sobre os jovens que vivem lá e explorar questões que envolvem a crise dos refugiados –profundamente pessoais e surpreendentemente universais.

O “Ritsona Kingdom Journal” foi produzido por meio da Lighthouse Relief Hellas, ONG que oferece apoio a populações ​​de refugiados especialmente vulneráveis.

Os envolvidos fazem parte do Espaço de Engajamento Juvenil da organização, um programa que oferece um lugar seguro para jovens de 16 a 25 anos para participar de oficinas de capacitação e iniciar projetos criativos.

O Espaço de Engajamento Juvenil da Lighthouse Relief Hellas

O que começou como uma iniciativa centrada na arte tornou-se um espaço físico onde os jovens podem se conectar uns aos outros, conversar ou simplesmente ter um lugar para relaxar e aproveitar sua criatividade.

Os jovens refugiados de Ritsona já estão trabalhando na terceira edição da revista, que esperam concluir até o fim deste mês. O objetivo é lançar uma a cada dois meses.

A Lighthouse Relief Hellas também está trabalhando para apoiar os jovens no lançamento de suas próprias contas nas redes sociais.

Por fim, a ideia da iniciativa é incentivar uma maior participação e envolvimento consciente com os refugiados e uma tomada de decisão mais ampla sobre o processo de asilo e as questões que afetam os jovens no meio da crise.

Leia a reportagem completa no Mashable

Compartilhe: