Mãe que narra jogos do Palmeiras para filho cego concorre a prêmio

Silvia Grecco pretende levar esta ação a torcedores de outros clubes

Por: Redação Comunicar erro

A brasileira Silvia Grecco ficou conhecida no Brasil inteiro por narrar os jogos do Palmeiras para o filho Nickollas, de 12 anos, que é deficiente visual e autista. Agora essa paixão pode ser reconhecida pela Fifa.

Ao lado do filho, Silvia concorre a uma premiação que reconhece gestos extraordinários de fãs do futebol no mundo todo. Os vencedores são escolhidos em votação pela internet e o anúncio será feito nesta segunda-feira, 23, em Milão, na Itália.

Crédito: Divulgação/Fifa Silvia Grecco e o filho Nickollas, que concorrem a prêmio da Fifa

“Eu não esperava a indicação. Acredito que isso é uma missão! Não temos a vaidade da exposição, mas agora temos uma missão e eu não quero parar de falar que a pessoa com deficiência existe. Que o futebol e o esporte podem ser transformadores. Precisamos incluir essas pessoas. Dar oportunidade, amor e respeito”, disse Silvia em entrevista ao jornal Agora.

Silvia é palmeirense roxa. Ela conta que queria transmitir toda a emoção das partidas para o filho, que foi adotado aos quatro meses, e passou a narrar tudo em detalhes para o menino. A dupla ficou famosa entre os torcedores do Palmeiras.

Agora Silvia pretende levar esta ação a torcedores de outros clubes.

“Meu sonho é andar pelo Brasileirão proporcionando isso aos outros. O meu filho tem essa oportunidade porque eu posso levar, mas a grande maioria não tem. Os deficientes precisam de terapia, acompanhamento médico e 90% das pessoas com deficiência estão em lares vulneráveis, não tem essa condição. É muito triste. E não é fácil. Vou fazer com que possa realizar esse sonho”, falou Silvia.

Compartilhe: