Maiores bacias hidrográficas do mundo estão secando

Por: Redação Comunicar erro

A conclusão da agência espacial norte-americana (Nasa) só confirma o que crises hídricas mundo afora já apontavam. A humanidade está consumindo mais água do que deveria, sem criar alternativas para a escassez do recurso e sem dar ao planeta o tempo necessário para que reponha as reservas.

Imagens feitas pela agência mostraram que 20 dos 37 principais aquíferos do mundo já ultrapassaram o ponto crítico de sustentabilidade e diminuem o volume de maneira crescente e contínua. Dos vinte, 13 já estão em um nível considerado preocupante.

Esses aquíferos fornecem cerca de 35% da água usada pela população mundial, mas em regiões e épocas de estiagem esse índice aumenta.

Na Califórnia, por exemplo, os aquíferos representam 60% do fornecimento. Como enfrentam a pior seca dos últimos cem anos, rios e reservas já secaram. A opção é usar a água do subterrâneo.

No Brasil, o aquífero Alter do Chão, na Região Amazônica, ganhou volume. Já o Guarani, que se estende por parte do Centro-Oeste e Sudeste até Paraguai e Argentina, teve redução mínima.

Com o crescimento de atividades como a agricultura e a mineração, combinado a mudanças climáticas que ameaçam a água disponível na superfície, os cientistas têm más notícias: a situação tende a piorar.

Via CMais

Compartilhe:

Tags: #Nasa #seca