Organização busca fortalecer reeducandas de presídio feminino

Por: Redação Comunicar erro

Enactus USP São Francisco iniciou uma campanha na internet para ajudar presidiárias de São Paulo. O Projeto (Re)Começos visa à abertura de perspectivas para reeducandas da Penitenciária Feminina da Capital.

Organização busca fortalecer reeducandas de penitenciária feminina

Segundo a organização, o índice de reincidência dessas mulheres na prisão é altíssimo devido à falta de oportunidade que enfrentam.

O projeto, idealizado a partir dessa realidade, tem três frentes: rodas de conversa, oficinas de biojoias e encontros com empreendedores.

Organização busca fortalecer reeducandas de presídio feminino

A primeira iniciativa é importante para o fortalecimento social das reeducandas. Já a segunda tem como objetivo o sustento econômico –o lucro com a venda das peças produzidas nas oficinas será convertido integralmente a elas.

Por fim, a terceira frente pretende ensinar noções básicas de planejamento financeiro e gestão de negócios para que, futuramente, essas mulheres possam se tornar microempreendedoras.

Para que o dinheiro da venda das peças seja repassado às reeducandas, é preciso constituir um CNPJ e uma conta bancária. Para as despesas que envolvem a abertura da empresa, a entidade iniciou a campanha, que tem como meta arrecadar R$ 1.900.

Até agora, apenas R$ 10 foram doados. Para contribuir, acesse a página de contribuição no site Catarse.

Compartilhe: