Pai tatua prótese na perna para ficar ‘igual’ a filha

Valentina fez questão de levar o pai para que os amiguinhos da escola vissem a "prótese" do pai

Por: Redação | Comunicar erro

Valentina tinha pouco mais de um ano quando os médicos tiveram que amputar sua perna direita devido a uma má formação genética.

Hoje, aos cinco anos, Valentina não tem nenhuma limitação para andar. E tudo graças a uma prótese de carbono –prótese essa que o pai, Túlio Catelani, 34 anos, decidiu tatuar para ficar “igual” a filha.

Crédito: Mauricio Bazilio / Divulgação SES Túlio e Valentina moram em Cordeiro, interior do Rio de Janeiro

“A palavra certa não é homenagear. O que eu queria era ficar igual a ela”, disse comerciante ao jornal Extra.

“Ela se amarrou na tatuagem. Ela entendeu que eu quis fazer uma prótese. Ela fala a ‘prótese do meu pai’. Eu achei importante eu fazer a tatuagem porque quer coisa mais confortável que você olhar para o seu pai de alguma forma estar parecido com você. Eu acho que é e vai ser bem reconfortante para ela ao longo da vida dela”.

Compartilhe: