Startup israelense cria ultrassom portátil

Por: Redação Comunicar erro

A ultrassonografia é um dos exames livres de radiação mais comuns feito na atualidade. O procedimento ajuda médicos a diagnosticar a condição das estruturas do corpo com base no padrão de ondas sonoras de alta frequência que emanam desses órgãos internos.

No entanto o procedimento deve ser realizado em clínicas e hospitais, utilizando uma sonda ligada a um dispositivo de ultrassom grande, pesado e caro.

ultrassom
O equipamento elimina a necessidade de grandes dispositivos de ultrassom atualmente utilizado na maioria das clínicas

Os resultados são recolhidos por computador e interpretados por um radiologista, que envia o diagnóstico ao médico do paciente. As imagens são muito grandes para serem enviados para dispositivos eletrônicos, por isso os resultados não estão disponíveis imediatamente, impossibilitando a realização do procedimento em pessoas em áreas de desastres ou acidentes de carros.

Mas uma startup israelense ligada ao Instituto de Tecnologia Technion está trabalhando para comercializar uma solução inovadora. Os especialistas desenvolveram um programa que reduz a imagem na fase inicial da digitalização. Ele pode ser carregado para a nuvem ou para uma unidade de processamento remoto e transmitido imediatamente, sem prejudicar a qualidade da imagem.

Outra novidade é uma sonda que elimina a necessidade de grandes dispositivos de ultrassom atualmente utilizado na maioria das clínicas.

O sistema permitirá que as equipes médicas recolham e enviem as imagens do ultrassom antes do paciente ser removido e rapidamente recebam as instruções para o tratamento com base nas conclusões do diagnóstico. Reduzir a quantidade de informações tem implicações positivas dramáticas: encurtando o tempo de aquisição e processamento de dados, miniaturizando os sistemas e acelerando a operação, reduzindo o consumo de energia e poupando dinheiro.

Com informações do site AlefNews

Compartilhe: