TJM de SP reduz uso de copos e garrafas plásticas

Por: Redação | Comunicar erro

O Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo promove ações educativas e sustentáveis, através do Núcleo de Gestão Socioambiental, com o objetivo de colaborar com o meio ambiente.

Entre as ações está a valorização do consumo de água filtrada em substituição a água mineral em garrafas pet e copos. Os filtros já ocupam os corredores do TJM e a segurança em relação à qualidade e limpeza é acompanhada pelo Núcleo.

 O TJM-SP faz ação para reduzir consumo de copo plástico

Despertar nas pessoas a consciência do quanto todos são importantes para o futuro da humanidade, quando adotam práticas importantes como redução de plástico no meio ambiente, armazenar óleo vegetal em recipientes para ser reaproveitado, entre outras.

Os servidores já adotam a prática utilizando os recipientes apropriados (squeeze) e nas sessões do Tribunal, jarras e copos de vidro já são uma realidade.

 

No último mês de julho, o TJM assinou com a ONU a Carta de Compromisso de apoio aos Dez Princípios do Pacto Global, relacionados a Direitos Humanos, Direitos do Trabalho, Proteção ao Meio Ambiente e Combate à corrupção.

O engajamento dos servidores e prestadores de serviços é essencial para o sucesso do compromisso e o trabalho já surtiu efeitos, pois todos estão conscientes e viraram verdadeiros guardiões de práticas sustentáveis.

A ação, além de representar economia financeira para o tribunal, retira mensalmente do meio ambiente mais de 10 mil copos e garrafas plásticas.

 

Segundo a própria ONU, o plástico leva centenas de anos para se decompor e a estimativa é de que existam mais de 5 trilhões de pedaços de plástico flutuando nos mares. No ambiente sólido, esse material afeta plantas e animais, já que é derivado do petróleo.

Apesar da retirada de milhares de copos e garrafas do meio ambiente todos os meses, a intenção do TJMSP é aumentar esse número com a conscientização dos servidores, magistrados e outros colaboradores que serão multiplicadores da ideia de que atitudes como esta salvam gerações futuras.

Compartilhe:

Tags: #plástico