5 razões para ter um negócio formalizado

Saiba quais são as vantagens de ter um CNPJ

Por: Redação

Todos reclamam da crise econômica, mas quem tem espírito empreendedor sempre encontra uma oportunidade. Tira a ideia do papel, consegue o aporte financeiro necessário, faz um plano de negócio e enfim é chegada a hora do empreendimento ir adiante. Porém, falta uma etapa importantíssima nesse processo: a formalização.

De acordo com o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos: “O Microempreendedor Individual foi criado para incentivar a formalização de milhões de brasileiros que já empreendiam, mas que não tinham como abrir uma empresa. Para aqueles que sempre tiveram o sonho de ser empresário, mas achavam que seria muito complicado ou para quem viu no empreendedorismo uma oportunidade para geração de renda”.

Tornar-se uma pessoa jurídica traz uma série de benefícios que podem contribuir para alavancar os negócios. Conheça alguns deles:

  • 1. Aumentar o faturamento

    Crédito: iStockLegenda: Conseguir crédito é mais fácil quando o empreendedor tem um CNPJ

    Sem comprovar renda é mais complicado solicitar até mesmo um cartão de crédito. Já para quem tem um CNPJ, é possível além de ter um cartão para as despesas da empresa, também aproveitar as linhas de crédito especiais que alguns bancos oferecem.
    Além disso, há também a possibilidade de conseguir “maquininhas” e, dependendo do ramo de atuação, oferecer vendas por crédito e débito. O que pode representar um aumento significativo no faturamento da empresa.

  • 2. Ter um Plano de Saúde

    Crédito: iStockLegenda: Pagar um plano de saúde como Pessoa Jurídica pode custar muito menos

    Cuidar da saúde é fundamental, certo? Mas, pagar um plano de saúde como Pessoa Física pode ter um custo elevado que não cabe no orçamento doméstico. Assim como as linhas de crédito disponibilizadas pelos bancos, alguns planos de saúde oferecem valores reduzidos para empresas. Essa economia pode compensar muito na hora que você for fechar as contas no fim do mês.

  • 3. Ter direito aos benefícios previdenciários

    Crédito: iStockLegenda: Ao se formalizar há benefícios tanto para o MEI quanto para seus familiares

    O empreendedor que formaliza o negócio e torna-se MEI (Microempreendedor Individual), por exemplo, pode contar com benefícios previdenciários para si ou para seus dependentes. Além de se aposentar, ter salário-maternidade e auxílio-doença. Já a família do MEI tem acesso à pensão por morte e auxílio-reclusão.

  • 4. Fazer novos negócios

    Crédito: iStockLegenda: Ter um CNPJ abre possibilidades de negociar com outras empresas

    Algumas empresas tem uma política de só negociar com outras empresas, quer dizer, ao formalizar seu negócio, você aumenta a chance de fazer B2B (Business to Business).

  • 5. Participar de licitações

    Crédito: iStockLegenda: Somente quem tem CNPJ pode participar de licitações

    O CNPJ é uma exigência para participar de uma licitação. Sendo assim, com a formalização também é possível participar de concorrências públicas, o que pode abrir um novo leque de possibilidades e uma nova frente de faturamento.

Ao saber de todos os benefícios de formalizar seu negócio, a pergunta que fica é: como fazer isso? Muito simples e você mesmo consegue realizar todo o procedimento. Para isso, é importante buscar capacitação. Onde? Por meio do curso de ensino a distância oferecido gratuitamente pelo Sebrae.

O EAD “Como formalizar o seu negócio” é justamente direcionado para quem quer abrir ou regularizar sua empresa. Em apenas quatro horas você assiste às aulas, sem custo e onde estiver.

Basta se cadastrar no portal EAD Sebrae e clicar em “Quero me matricular”. Espere chegar o e-mail de confirmação e em seguida já pode começar o curso. Um tutor do Sebrae vai esclarecer todas as suas dúvidas sobre a formalização do seu negócio. Ao conclui-lo você recebe um certificado de participação. Mais informações você encontra na página do Sebrae.

Para você ter uma ideia do passo a passo para abrir uma empresa confira o infográfico abaixo.