Virada Cultural 2019: 70 anos de Itamar Assumpção no Copan

Itamar é celebrado nas vozes de artistas como Anelis Asumpção, As Bahias e a Cozinha Mineira, Zélia Duncan e BNegão

Por: Publi |

Meu nome é Benedito João dos Santos Silva Beleléu
Vulgo Nego Dito, Nego Dito cascavel

Itamar era a essência do que a Virada Cultural propõe: música popular acessível, livre, sem amarras, ocupando os espaços e dialogando com todas as pessoas! Em celebração aos 70 anos deste grande artista, o Edifício Copan recebe novas vozes nacionais em um mega tributo, repleto de sonoridades e ritmos.

Crédito: DivulgaçãoItamar Assumpção, expoente da Vanguarda Paulista, terá letras interpretadas em palco especial

É urgente exaltar a existência deste artista negro brasileiro e sua contribuição na construção de uma linguagem musical, visual, performática e política.

Itamar representa um dos mais importantes nomes da Vanguarda Paulistana, movimento alcunhado de ‘maldito’, em grande parte por romper com o sistema das grandes gravadoras e manter total domínio sobre sua obra. Juntos, inauguraram bravamente o formato de criação hoje tido como o grande movedor do sistema fonográfico: o mercado independente.

Pegue carona com a Catraca e a 99 e descubra o roteiro perfeito para sua Virada.

Saca só a programação:

Sábado  18h – 19h30: Denise Assunção [com tradução em Libras]
Sábado  21h – 22h30: Zélia Duncan convida Tetê Espíndola [com tradução em Libras]
Sábado 23h30 – 01h: Porcas Borboletas convida BNegão [com tradução em Libras
Domingo 02h30 – 04h: André Abujamra convida Kiko Dinucci e Juçara Marçal
Domingo 05h – 06h30: As Bahias e a Cozinha Mineira
Domingo 07h30 – 09h: Orquídeas do Brasil com Chico Chico
Domingo 10h30 – 12h: Anelis Assumpção convida Tulipa Ruiz e Negro Leo
Domingo 13h30 -14h45h Arrigo Barnabé e Claras & Crocodilos
Domingo 16h30 – 17h45 Alzira E convida Maria Gadú


Compartilhe: