Virada Cultural 2019: veja tudo o que rola nesta edição

Anitta, Pabllo Vittar, Maria Rita, Criolo, Vanessa da Mata e Grande Encontro estão entre os destaques do festival, que ocupa a cidade durante 24h

Por: Publi |

Finalmente, saiu a programação da Virada Cultural 2019! Promovida pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, o festival 24 horas chega a sua 15ª edição com os maiores números de atrações e pontos da história do evento, realizado nos dias 18 e 19 de maio.

Entre os destaques da programação musical estão os show do filho caçula de Fela Kuti, Seun Kuti & Egypt 80 com participação de IZA e Ofertório, com Caetano, Moreno, Zeca e Tom Veloso.

Anitta, Pabllo Vittar, Maria Rita, Criolo são presenças confirmadas na Virada Cultural 2019
Crédito: InstagramPabllo Vittar, Anitta, Criolo e Maria Rita são presenças confirmadas na Virada Cultural 2019

Os maiores artistas do momento também marcam presença, como Anitta, Pabllo Vittar, Aline Barros, Naiara Azevedo, Lucas Lucco, Anavitoria, Rincon Sapiência + ÀTTØØXXÁ, Ludmilla, Maria Rita, Criolo, Vitor Kley, Emicida, Karol Conká, Grande Encontro (Elba Ramalho, Zé Ramalho e Geraldo Azevedo), Preta Gil, Nação Zumbi, É O Tchan, Jojô Todynho, Céu+ Tropkillaz, Angela Ro Rô, Baco Exu do Blues, Demônios da Garoa, Sepultura e Moraes Moreira. Uau!

E não para por aí! Tem também a estreia do programa de música nas sacadas, com opções de música brasileira, rock, ópera e serestas. Uma celebração aos 70 anos de Itamar Assumpção também integra o festival assim como apresentações da Orquestra Sinfônica Municipal, da Jazz Sinfônica e de Hamilton de Holanda completam o roteiro das atrações musicais imperdíveis do festival, além de atrações surpresa, que serão anunciadas dia 12.

Virada Cultural de São Paulo
Crédito: Nelson Antoine, Milenar Imagem - Fotos PúblicasA Virada Cultural é um dos maiores eventos do calendário cultural de SP!

Além da música, diversas linguagens integram a programação. A atriz Andréa Beltrão interpreta “Antígona”, no Theatro Municipal, e a mostra de teatros independentes oferece espetáculos como “Roda Viva”, no Teatro Oficina; “Jardim das Cerejeiras”, do Grupo Tapa, e “A Alma Imoral”, monólogo com a atriz Clarice Miskier.

Para os amantes da dança há várias opções: a bailarina Morena Nascimento apresenta-se com o músico Benjamin Taubkin (Patteo do Collegio); as comissões de frente acompanhadas das baterias de escola de samba desfilam na Cásper Líbero.

A Virada traz ainda Batalha do Passinho (VX de Novembro), ocupação “A Rua é Clássica” com bailarinas de ponta (Viaduto do Chá) e Corpos Suspensos. Destaque ainda para o palco aéreo de circo da Cia.K, além de cortejos como Ilu Oba de Min com o Ilê Ayê; Tarado ni Você e Casa Comigo. E para os festeiros de plantão, vão rolar 23 festas em tendas espalhadas pelo centro.

Novidades

Uma das novidades desta edição é a integração do corredor aberto da Paulista – com atrações 24h em instituições como IMS, Japan House, Sesc Paulista, Itaú Cultural e vão do Masp – e das quadras de Escolas de Samba ao roteiro do evento.

De forma inédita, o evento ocupa todas as 32 subprefeituras da cidade, com mais de 1200 atividades gratuitas distribuídas em mais de 250 pontos, centralizados e descentralizados, espalhados por toda São Paulo. O festival será realizado nos dias 18 e 19 de maio e traz muitas novidades em 2019.

Com expectativa de público de 5 milhões de pessoas, pela primeira vez, o evento conta com um palco inteiramente dedicado à música sertaneja, traz o palco de música cristã para o centro, incorpora a maior programação de gastronomia de todas as edições e leva atrações renomadas dos palcos principais para pontos descentralizados.

Infantil

A Virada Cultural 2019 preparou mais de 180 atrações para o público infantil, com destaque para os shows de Palavra Cantada, Grupo Tri e a banda Cidadão Instigado fazendo a trilha ao vivo do filme “Mágico de Óz”. Para os pequenos, o evento apresenta ainda a mostra de cinema com os desenhos clássicos da Disney, na Camara Municipal; além de música clássica para crianças com a Orquestra Sinfônica Infantojuvenil com intervenções de palhaços.

Gastronomia

A 15° incorpora a curadoria de gastronomia em 2019 e apresenta a maior programação deste segmento da história do evento. Fortalecendo a vocação de capital gastronômica mundial de São Paulo, o maior evento 24 horas do mundo apresenta oito praças gastronômicas espalhadas pelo centro da cidade, com mais de 70 operações. Somam-se à programação das praças, mais de 100 pontos de trucks (food ou beer) e tendas espalhados nas proximidades dos palcos centrais.

OITO PRAÇAS VÃO MATAR A FOME DA GALERA NA VIRADA CULTURAL

A Virada Cultural deste ano conta ainda com a participação de mais de 20 restaurantes e bares tradicionais do Centro com programação estendida noite adentro, como Como La Casserole, A Casa de Porco, Barouche, Orfeu, Casa da Mortadela, Bar da Dona Onça, Esther Rooftop, Ponto Chic, Ramona e Drosophyla Bar.

Maior festival de gastronomia de rua do mundo, o Smorgasburg – que estreia na cidade nos dias 25 e 26 de maio – participa do evento com uma versão pocket ao lado do Theatro Municipal. Ocupando uma das maiores praças, o mineiro Festival Fuegos vem pela primeira vez a São Paulo com carnes especiais e pratos preparados diretamente na brasa, na avenida São Luis. Chefs especialistas como o Marcos Livi, do Veríssimo, assinam as estações de puro fogo.

Virada Cultural de São Paulo
Crédito: Leandro Martins - Milenar Imagem | Fotos PúblicasTradicional na capital, o evento promove 24 horas consecutivas de muita cultura, arte e diversidade

Já a praça Sabores do Mundo oferece opções de gastronomia internacional na avenida Ipiranga e conta com nomes como Benoit Mathurin, chef francês do Esther Rooftop, preparando sua famosa terrine. A feira de economia criativa Solano Trindade reúne moda, artes e alimentação no Largo do Arouche como parte do projeto “Mãos e Mentes Limpas” da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

Uma tenda no Boulevard São João, em frente à Praça das Artes, promove degustação de gastronomia coreana com Yun Hwang, chef do restaurante Portal da Coreia, em celebração aos 60 anos de relações diplomáticas Coreia-Brasil. Completam o cardápio da Virada Cultural as praças Comida Popular na Luz, Sabores do Brasil, no Anhangabaú, e Cervejas Artesanais, ao lado da Biblioteca Mário de Andrade.

Transmissão ao vivo e inclusão

Também inédita é a transmissão ao vivo do evento para todo o Brasil pela Spcine Play e a ação, nessa dimensão, do programa Cultura Inclusiva, uma parceria entre a SMC e a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, que leva tradução em Libras a 23 palcos e 71 espetáculos da Virada Cultural.

Durante quatro horas, na virada de sábado (18) para domingo (19), as atrações do palco Theatro Municipal serão exibidas ininterruptamente enquanto uma transmissão itinerante apresenta o melhor dos shows que acontecem nos palcos espalhados pelo centro da cidade.

Gostou? Então fique ligado na Catraca Livre! Este ano, a 99 abraçou nossa causa e pegou carona com a gente para fazer a melhor divulgação da Virada Cultural! Vamos dar todas as dicas do festival, os melhores roteiros e novidades!

Clique aqui para conferir todos os palcos e horários desta edição.


Compartilhe: